Gusttavo Lima pesca Pirarara de 30kg no Rio Araguaia; vídeo

Gusttavo Lima pesca Pirarara de 30kg no Rio Araguaia; vídeo

PARTILHAR
gusttavo lima - peixe pintado
Foto: Divulgação

O Embaixador continua curtindo suas férias pelo Brasil; recentemente esteve em São Felix do Araguaia onde pescou uma pirarara de mais de 30kg

Além de cantor, compositor e pecuarista agora o maior cantor sertanejo do Brasil está tirando onda de pescador. Com a pandemia ainda impossibilitando sua agenda de shows, Gusttavo Lima aproveitou esta sexta-feira (28) em uma pescaria com alguns amigos, entre eles o cantor Thiago Brava, no rio Araguaia no Mato Grosso. O sertanejo compartilhou em seu Instagram alguns momentos, entre eles, um em que aparece segurando com as mãos um peixe “gigante”, um pirarara, mais especificamente.

“Aqui pesca mesmo, bebê”, declarou Gusttavo, que depois devolveu o animal para o rio: “Pescar é maravilhoso, é gostoso, mas a consciência em primeiro lugar. É um esporte que faz a alegria de milhões de pessoas, mas o importante é preservar. Aqui estamos soltando uma pirara de mais de 30kg de volta ao seu habitat natural, que é aqui no rio Araguaia. Vai com Deus, meu amor”.

Gusttavo Lima pesca pirarara de 30kg 1
Foto: Divulgação

Gusttavo ainda mostrou em vídeo como foi o começo da pescaria e o momento em que conseguiu fisgar o pirara. “Mais de uma hora e meia de briga, o embaixador conseguiu receber o troféu do Araguaia. Momento de emoção”, narrou um dos amigos do cantor, empolgado. Assista abaixo:

Mais sobre a Pirarara

É um peixe de couro, que pode chegar aos 60kg e 1,5m de comprimento. Sua coloração é cinza escuro nas costas e branca na parte de baixo, assim como um tubarão. Sua cauda é avermelhada, mas esta coloração também aparece na barbatana dorsal. É um peixe onívoro, comendo praticamente tudo que encontra no fundo dos rios, entre outros peixes, frutas, moluscos e crustáceos.

Gusttavo Lima pesca pirarara de 30kg 2
Foto: Reprodução

Espécie que se alimenta de peixes, caranguejos e frutos. Ocorre no canal dos rios, nos poços logo após as corredeiras, várzeas e igapós, inclusive nos tributários de água pretas e claras, alcançando as cabeceiras e parte do estuário do Amazonas.

A robustez e a beleza são duas características que possibilitam à pirarara ser uma criação com ótimo potencial de vendas e fonte de renda para muitos piscicultores. Pouco apreciada na culinária, já que tem carne com sabor forte e muita gordura entremeada, o maior apelo comercial do peixe de couro está em seus dotes físicos.

Com peso que pode chegar a 60 quilos, distribuídos em 1,5 metro de comprimento, a pirarara ainda é procurada por estabelecimentos de pesque-pague. Forte e vigoroso, o peixe não cede com facilidade se for uma presa em pescaria. Por isso, é considerado um troféu por pescadores esportivos que têm a façanha e a disposição de capturá-lo usando vara e anzol.

No comércio do peixe para pesqueiros, que, em geral, compram exemplares com 5 quilos – peso que leva 18 meses para ser atingido. No segmento de ornamentação, a venda é ainda mais lucrativa e mais rápida, pois o mesmo valor é recebido pela comercialização de pirararas com 20 a 30 centímetros. Comum no fornecimento de unidades para embelezar aquarismo e espelhos d’água, a faixa de medida é alcançada com cinco a seis meses de manejo.

Nativa da Região Norte, especialmente das bacias hidrográficas do Araguaia, Tocantins e Amazonas, a pirarara é um peixe de água doce de grande porte, hábitos noturnos e onívoro. Como come tudo que encontra no fundo dos rios quando vive na natureza, em cativeiro não se deve compartilhar espaço com peixes menores, que podem se tornar alimento para a pirarara.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.