Heróis: Polícia recupera gado avaliado em R$ 130 mil

PARTILHAR

Em ação da Polícia Civil, os heróis de farda recuperaram 42 bois roubados pelo tráfico de fazenda; Gado é avaliado em mais de R$ 130 mil.

Os agentes da 71ª DP (Itaboraí), em comando da Delegada Norma Lacerda, recuperaram 42 bois que foram furtados de uma fazenda nesta quarta-feira (10), no bairro de Itambi, em Itaboraí. O roubo ocorreu na madrugada do dia 05 de março, onde 42 cabeças de gabo foram levadas, deixando apenas quatro no pasto.

O crime no campo tem crescido e as políticas para segurança no campo são falhas e ou inexistentes, sem contar a dificuldade da polícia em trabalhar nessas regiões por falta de contingente. Outro fator que tem contribuído para isso é a alta dos preços dos produtos agropecuários.

De acordo com informações, a polícia civil relatou que um gerente do tráfico de drogas da comunidade do Gebara havia sido o responsável pelo roubo dos bois da fazenda.

O criminoso, identificado como Gabriel Pereira Nunes da Silva, conhecido como “Padrinho”, recebeu ainda o auxílio do filho do caseiro para conseguir realizar o roubo.

Os 42 bois roubados, que valem cerca de R$130 mil, foram revendidos para outro traficante por R$60 mil. Os agentes localizaram o gado no bairro de Sambaetiba, e logo foi recuperado e devolvidos aos verdadeiros donos.

Os animais eram marcados com a identificação ‘ID’, ajudando assim na investigação sobre seu paradeiro. Até o momento, ninguém foi preso, mas os envolvidos no crime serão indiciados.

Os animais foram recuperados em Sambaetiba e devolvidos ao dono. O filho do caseiro e o comprador dos animais foram levados à delegacia e serão indiciados pelo furto.

Com alta do preço da carne, roubo de gado cresce na zona rural

A alta do preço da carne faz com que os roubos de gado cresçam na zona rural. Os bandidos têm uma estratégia bem montada: semanas antes, estudam minuciosamente o local do roubo e, no dia da ação, aplicam tranquilizantes e levam os animais em caminhões boiadeiros ou até em veículos com baú, com pouca ventilação. 

Alguns criminosos, entretanto, têm uma abordagem mais violenta. Na Bahia, os ataques aos caminhões carregados de animais ocorrem no meio da estrada. Foram quatro casos semelhantes no mês passado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.