Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

IAC lança a esperada edição do Boletim 100

A obra traduz em recomendações práticas para mais de 130 culturas de interesse econômico no estado de São Paulo e regiões subtropicais do Brasil.

A nova edição do Boletim 100: Recomendações de Adubação e Calagem para o Estado de São Paulo, considerado o best seller dentre as publicações do Instituto Agronômico (IAC), será lançada nesta quinta-feira, 1º de setembro de 2022, na Sede do IAC, em Campinas.

Muito aguardada pelo setor agrícola, a obra traduz em recomendações práticas para mais de 130 culturas de interesse econômico no estado de São Paulo e regiões subtropicais do Brasil.

O livro reúne conhecimentos científicos consolidados e elaborados por 127 cientistas e técnicos do IAC, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e de outras unidades da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, além de universidades e empresas privadas.

“Reunimos nesta terceira edição do B-100 informações ancoradas em princípios sólidos como análise de solo e de plantas e dados experimentais do Brasil, bem como de compilados da literatura internacional”, comenta Heitor Cantarella, pesquisador do IAC que edita a obra juntamente com Dirceu Mattos Jr., Rodrigo Marcelli Boaretto, José Antonio Quaggio e Bernardo Van Raij, todos cientistas do IAC.

As tabelas de recomendação foram revisadas para atender às necessidades nutricionais e os altos patamares de produtividade da moderna agricultura brasileira. “Ao mesmo tempo, as recomendações visam preservar a fertilidade e produtividade do solo em médio e longo prazo e evitar acúmulos de nutrientes no solo, que podem comprometer recursos financeiros e ambientais”, explica.

Nos últimos anos, como consequência dos aumentos de produção e de produtividade, as plantas passaram a exigir mais nutrientes do solo e exportá-los com as maiores colheitas, segundo Cantarella. Nesse cenário, as recomendações foram simplificadas para reduzir as formulações de fertilizantes e, assim, facilitar a adoção do manejo proposto. “Os princípios não mudaram, mas as recomendações evoluíram para maior precisão”, comenta.

As informações trazidas no livro contribuem para que técnicos e agricultores possam acompanhar o desenvolvimento das lavouras e tomar decisões embasadas no balanço de entrada e saída de nutrientes.

Há conteúdo sobre quantidades de nutrientes absorvidas e eliminadas pelas plantas, fertilizantes e valores de referência para teores de nutrientes nos solos e nas folhas.

As recomendações envolvem as culturas de maior expressão nacional, como café, cana-de-açúcar, citros, algodão, milho e soja, além de outros cereais, le guminosas, oleaginosas, hortaliças, frutíferas e ornamentais.

Os capítulos abordam também modos e épocas de aplicação dos corretivos e fertilizantes, amostragem do solo para fins de fertilidade, composição química das plantas, composição de fertilizantes, garantias mínimas e adubação orgânica.

O Boletim 100 é uma obra voltada para engenheiros agrônomos, consultores, especialistas em nutrição de plantas e agricultores com conhecimentos técnicos. A venda será realizada a partir de 2 de setembro, neste link, no valor de R$150,00.

Fonte: IAC

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM