IBGE: produção de leite estagnada no último tri de 2020

IBGE: produção de leite estagnada no último tri de 2020

PARTILHAR
A infecção causa abortamentos em vacas no final da gestação na forma crônica da doença - Foto: Gisele Rosso

Sazonalmente os 6,7 bilhões de litros captados entre outubro, nov e dez de 2020 são superiores em 4,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Os dados preliminares da Pesquisa Trimestral do Leite do IBGE para o quarto trimestre de 2020, divulgados nesta segunda-feira (15/02) apontam um aumento de 0,6% na captação de leite cru resfriado, em relação ao quarto trimestre de 2019, como mostra o gráfico 1 – indicando praticamente uma estagnação da produção em relação ao mesmo período do ano anterior.

Sazonalmente os 6,7 bilhões de litros captados entre outubro, novembro e dezembro de 2020 são superiores em 4,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Gráfico 1. Captação formal: Variação em relação ao mesmo trimestre do ano anterior

Fonte: Elaborado pelo MilkPoint Mercado com base em dados do IBGE. 

Esta “estagnação” da produção no final de 2020 não deixa de surpreender, já que, apesar do elevado preço do concentrado (milho e soja), o indicador RMCR indicou valores bastante altos ao produtor no período (como mostra o gráfico 2).

Possivelmente esta pífia elevação da produção foi resultado de alguns fatores em conjunto, como os problemas climáticos (falta de chuvas) principalmente no sul do país (afetando mais drasticamente a produção por lá) e em regiões importantes de produção em Minas Gerais e Goiás e menos vacas ordenhadas, em função da relação desvantajosa leite/arroba de boi observada desde o início de 2020.

Gráfico 2. Evolução do indicador Receita Menos Custo da Ração (RMCR). 

Fonte: elaborado pelo MilkPoint Mercado com base em dados do DERAL/SEAB/PR e do Cepea.

Seguindo esta tendência, a produção agora no início de 2021 tende a seguir ritmo menor de crescimento, principalmente depois de sucessivas quedas de preços praticadas no campo. Por outro lado, lembremos dos elevados volumes de importação que ainda vem entrando no mercado brasileiro e da demanda, estagnada desde o 2º semestre do ano e esperando pelo novo “corona voucher” sinalizado a partir de março pelo governo federal. A equação de mercado este ano não está simples de explicar!

Fonte: Milk Point 

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com