Ibrafe: Reduzidas em 48% as importações de Feijões-pretos

PARTILHAR
Top view of a brown bowl filled with black beans shot on rustic wood table. A wooden spoon is beside the bowl with some beans on it. DSRL studio photo taken with Canon EOS 5D Mk II and Canon EF 100mm f/2.8L Macro IS USM

De maneira geral, o mundo está passando por problemas no comércio internacional dos mais diversos produtos. Alguns países estão com problemas climáticos.

Segundo os dados compilados, as importações brasileiras foram reduzidas em 30%, até o final do mês de agosto. O Feijão-preto, o mais importado historicamente, teve sua importação reduzida em 48%. Já era esperada esta diminuição porque o Brasil produziu mais Feijões-pretos neste ano.

Mas provavelmente um fator importante tem sido as questões cambiais da Argentina, que impedem que o importador receba integralmente o valor da exportação, uma vez que as cotações para recebimento de câmbio de exportação é oficial e muito longe da cotação do dólar que efetivamente circula na Argentina. De maneira geral, o mundo está passando por problemas no comércio internacional dos mais diversos produtos.

Alguns países com problemas econômicos mais graves têm suas taxas de riscos de insolvência aumentadas. Com isso, as empresas também têm suas ratings prejudicadas, com redução enorme de seus limites para giro de capital. Outros países estão com problemas climáticos ou reduções de área por conta de menor disponibilidade de fertilizantes.

Fonte: Ibrafe

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com