Imea mantém safra de soja de MT em recorde, eleva previsão para algodão

PARTILHAR
Foto: Divulgação

No algodão, o Imea fez um ajuste na área plantada, devido aos preços mais altos.

SÃO PAULO (Reuters) – A safra de soja 2021/22 de Mato Grosso foi estimada em um recorde de 37,41 milhões de toneladas nesta segunda-feira, estável ante previsão de outubro, de acordo com projeção do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Na comparação como ciclo anterior, a alta na produção estimada é de 3,76%, já com o plantio da temporada caminhando para o final no maior produtor brasileiro de grãos e oleaginosas.

“Está praticamente definida a questão de área (plantada), só aguardamos a questão climática, mas está positivo até o momento”, disse o superintendente do Imea, Cleiton Gauer, à Reuters.

Segundo ele, é preciso ver como o clima vai se desenvolver até dezembro.

“Acredito que chuvas não vão faltar, a maior preocupação é chuva em excesso. Basicamente uma safra bem diferente da do ano passado, estamos muito otimistas até o momento”, afirmou.

No algodão, o Imea fez um ajuste na área plantada, devido aos preços mais altos, observou ele. Dessa forma, a previsão de safra passou para 1,96 milhão de toneladas (pluma), ante 1,93 milhão da previsão de outubro, representando também aumento de 18,38% ante a temporada anterior, afetada pela seca.

Já a safra de milho 2021/22 de Mato Grosso, semeada após a colheita da soja, foi estimada em 39,58 milhões de toneladas, estável ante previsão de outubro, mas também um crescimento de 21,5% na comparação anual.

Fonte: Reuters

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR