Impressora 3D ʽreproduz carne sintéticaʼ mais cara do mundo

PARTILHAR
cortes-carne-supremos-conheca-famosa-carne-wagyu
Foto Divulgação.

Cientistas japoneses usaram células-tronco isoladas de vacas Wagyu para imprimir em 3D carne sintética que contém músculos

Cientistas da Universidade de Osaka, no Japão, conseguiram imprimir em 3D o primeiro bife cultivado em laboratório que, segundo eles, se assemelha a um corte de carne bovina da raça conhecida como Wagyu – uma das mais caras do mundo. A criação foi detalhada em um artigo publicado na revista Nature Communications.

Segundo a publicação, os cientistas coletaram dois tipos de células-tronco de vacas Wagyu, as incubou e depois as converteu em células musculares, gordurosas e em vasos sanguíneos. O resultado foi um bife com alto teor de gordura, de cinco por 10 milímetros de tamanho, uma “carne sintética muito parecida com a real”.

Vale ressaltar que recentemente a prestigiosa revista científica Nature publicou um estudo que mostra uma diferença de 90% entre os plant based e as proteínas de origem animal no metabolismo nutricional de humanos.

“Usando a estrutura da carne Wagyu como um modelo, desenvolvemos um método de impressão 3D que pode produzir estruturas complexas feitas sob medida, como fibras musculares, gordura e vasos sanguíneos”, disse o autor principal da criação Dong-Hee Kang em um comunicado.

Os cientistas explicaram ainda, que o processo pode até ser usado para criar pedaços personalizados de bife Wagyu, o que seria um sonho para qualquer amante de carne que deseja experimentar a iguaria produzida em laboratório.

Imagem: Universidade de Osaka – Divulgação
Imagem: Universidade de Osaka – Divulgação

A carne de Wagyu, raça bovina milenar, de origem japonesa, é uma das mais apreciadas e caras do mundo. Sua principal característica é o alto teor de ‘gordura intramuscular’ e o marmoreio, justamente o que lhe dá o sabor, mas também eleva o seu preço.

Segundo os pesquisadores, esse trabalho pode ajudar a inaugurar um futuro mais sustentável, com disposição ampla de carne. O gado Wagyu pode ser traduzido literalmente como “vaca japonesa” e é famoso em todo o mundo por seu alto conteúdo de gordura intramuscular, conhecido como marmoreio ou sashi, que confere à carne seus sabores ricos e textura distinta.

Os cientistas, no entanto, não informaram qual o custo de produção do bife em laboratório ou quanto tempo levaria para o produto chegar ao mercado.

Importante ressaltar que o Brasil segue na vanguarda produzindo carne de verdade com sustentabilidade e bem-estar animal. Proteína animal de qualidade e saudável pode ser produzida em equilíbrio com o meio ambiente, o país segue a passos largos consolidando-se no mercado mundial com celeiro do mundo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com