Indústria e pecuaristas gaúchos unem-se por carne de qualidade

Indústria e pecuaristas gaúchos unem-se por carne de qualidade

PARTILHAR
Encontro-Produtores-II
Foto: Divulgação

Frigorífico Silva estreita relação com pecuaristas gaúchos: “é importante sempre ver e ouvir o outro lado do balcão”, em reunião foram debatidos questões de mercado.

Com o objetivo de valorizar a carne gaúcha de alta qualidade, o Frigorífico Silva realizou na última semana o 1º encontro de produtores de carne de qualidade. Além de mostrar em números o crescimento contínuo no mercado e o reconhecimento da marca Best Beef em nível nacional como Carne Premium, o grupo seleto, composto por cerca de 120 produtores rurais gaúchos, teve acesso às tabelas de bonificações oferecidas pela indústria.

Os números são considerados hoje os maiores do Estado quando o assunto é aquisição de carcaças bovinas de raças britânicas para a linha Best Beef Black Label. A indústria, com sede em Santa Maria, chega a pagar 12% acima do valor médio oferecido pelo mercado.

A atividade também serviu para promover a interação entre os gestores da fábrica e os seus fornecedores, além de reforçar o propósito primordial do Frigorífico: a busca incessante por animais de altíssima qualidade com foco no atendimento da demanda nacional por carne gaúcha de qualidade.

“Abatemos aqui animais Hereford e Angus, raças que têm não só fama, mas comprovação científica de que têm carne mais macia e mais marmorizada, ou seja, com gordura entremeada”, destacou Leonir Luiz Pascoal, Prof. Adjunto Departamento de Zootecnia – UFSM. Outro fator que qualifica e diferencia a nossa carne no mercado nacional e internacional é a criação a pasto no bioma pampa gaúcho. “Essa origem, a base alimentar, tem uma composição dos pastos que também ajuda a fazer o sabor da carne”, afirma Pascoal.

Semelhante avaliação tem o Coordenador Estadual de Projetos de Pecuária de Corte do SEBRAE-RS, Roberto Grecellé, que costuma afirmar que o Rio Grande Sul é uma das poucas regiões que têm a chance de temperar o seu boi por dentro, dada a qualidade do pasto e das forrageiras encontradas por aqui.

Desta forma, reforça Pascoal, os programas de carne fizeram o Rio Grande do Sul produzir cada vez mais essas raças britânicas, e o Frigorífico Silva a abater o que há de melhor das raças Hereford e Angus. “Hoje tu vais olhar para as nossas mangueiras e vai ver que elas são vermelhas e pretas. A gente não compra quase nada de zebu e nem de charolês”, afirma ele, ao explicar que a qualidade da carne está atrelada a três fatores essenciais: idade, cobertura de gordura e selo racial.

“Posso afirmar, sem medo de errar, que 75% do gado que está nas nossas mangueiras é de boi jovem, sendo que mais de 80% é oriundo dessas duas raças. Então baseado em raça, em idade e base alimentar é que a gente tem hoje essa carne de qualidade superior”, concluiu.

Encontro-Produtores-I
Foto: Divulgação

Após o bate-papo, os pecuaristas foram recepcionados com um almoço regado à carne Best Beef. “Será um evento constante. Nosso objetivo é ter os melhores produtores do nosso lado, além de fomentar a produção de carne de qualidade para nós”, informou Magnus Costa, responsável pelo Marketing do Frigorífico, ao emendar: “todos os produtores tiveram a oportunidade de dar suas sugestões e críticas para o aperfeiçoamento da parceria. Para nós, é sempre muito importante ver e ouvir o outro lado do balcão”.

Bonificações por raça e qualidade

Ao negociar com a indústria, o produtor rural também pode optar por enquadrar seus animais nos programas de carne de qualidade ligados às associações das raças Hereford e Angus. Nesses programas, os animais jovens possuem valorização extra que pode chegar a 10% do preço negociado, além de remunerar fêmeas jovens ao preço de machos.

Acompanhamento em tempo real

O Frigorífico ainda aproveitou o encontro para antecipar uma novidade: irá disponibilizar em breve um novo serviço que caberá na palma da mão. Trata-se de um aplicativo destinado a facilitar e definir padrões de inclusão de romaneios, geração de contratos e documentos, bem como demonstração de resultados do abate.

O dispositivo também realizará transmissões ao vivo do abate para o produtor, mostrando assim transparência em seus processos de produção, além de permitir uma comunicação mais direta entre o Frigorífico Silva e o produtor, incentivando um relacionamento cada vez mais próximo e eficaz.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com