PARTILHAR

Bonificação simplificada renderá até R$ 13 por @, em uma categoria de animais que estava esquecida e desvalorizada, confira as unidades habilitadas.

O mercado brasileiro está ficando cada vez mais exigente, quando o assunto é qualidade da carne, olhando para esse nicho a JBS aproveitou a comemoração dos seus 65 anos, e lançou a marca 1953 (em referência ao ano de fundação da empresa), carne bovina premium. Com a assinatura, “A Evolução do Paladar”, os produtos privilegiam a carne macia, saborosa e suculenta. A marca contará com 14 cortes, como baby beef, ancho, chorizo, maminha, bombom de alcatra, steak de picanha e coração de paleta

JBS lança marca 1953

O protocolo de tipificação multirraças é a compra selecionada de animais que reúnam determinadas características buscadas pela empresa, mediante a pagamento de prêmio ao pecuarista. Segundo a empresa, com o programa, criadores poderão incrementar sua produção com o cruzamento de diversas raças europeias de corte e zebuínas e ter acesso a bônus por arroba produzida.

demanda por esse tipo de produto cresceu cerca de 70% no último ano

“A gente pôde incluir estas raças porque, apesar de a gente já saber há algum tempo que elas têm boa possibilidade de produzir carne de qualidade, a dificuldade estava em encaixar isto em uma proposta comercial, afinal o consumidor não reconhecia. Mas chegou o momento de lançar um novo rótulo que permite entrada de todas estas raças, e é bom é que já existe uma oferta grande destes animais adaptados e europeus de corte utilizando normalmente muitas vezes a base Angus mesmo. Isto responde uma pergunta recorrente do pecuarista, que é: o que eu faço com novilha F1, a meio-sangue Angus? Ela pode ser a base para este trabalho” zootecnista Fábio Dias, diretor de relacionamento da JBS.

Leia também

Por meio da marca, pecuaristas poderão otimizar sua produção com o cruzamento de diversas raças europeias de corte e zebuínas e ter acesso a bônus que pode chegar até R$ 13 por arroba.

Confira o modelo de bonificação

Fonte: Manual da JBS
Fonte: Manual da JBS
matriz do protocolo sinal verde para machos castrados
Fonte: Manual da JBS
matriz do protocolo sinal verde para femeas
Fonte: Manual da JBS

Regras para caracterização

Para que o animal seja classificado, ele deve ter ao menos 50% de genética taurina europeia ou raça adaptada e apresentar cobertura de gordura entre três e dez milímetros (gordura 3 ou 4 na escala da indústria). As novilhas podem ser entregues com até quatro dentes incisivos permanentes (cerca de 2,5 a 3 anos de idade). Já os machos devem ser castrados e terminados com no máximo dois dentes incisivos permanentes, ou seja, abaixo dos dois anos de idade. Confira as outras regras, clicando aqui.

Unidades habilitadas no protocolo 1953

  • Campo Grande – MS (67) 2107-2569
  • Barra do Garças – MT (66) 3402-2982
  • Diamantino MT (65) 3337-3545
  • Juara -MT (66) 3556-9533
  • Pontes e Lacerda – MT (65) 3266-9152
  • Vilhena -RO (69) 3322-2222
  • Marabá – PA (94) 2101-5128
  • Iturama – MG (34) 3411-9422

Em seu lançamento, a marca já está sendo comercializada por 900 pontos de venda entre os estados de São Paulo (750) e Rio de Janeiro (150), começando pelos grandes centros até chegar em demais redes varejistas espalhadas pelo Brasil e contribuir para dobrar o volume de carnes de valor agregado negociado pela companhia em 2018 na comparação com o ano anterior.

*Matéria escrita com ajuda da Zootecnista Consultora de abate Lawrene Antunes.

Conheça o maior confinamento do mundo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Fundador e editor do Compre Rural, pós graduado em Consultoria Web, especialista SEO e aspirante a produtor rural.