PARTILHAR

O Grupo Rezende fará no próximo dia 23 de junho leilão em Rondonópolis com 200 touros, todos eles com avaliação genômica.

Atualmente o Grupo comercializa em torno de 500 reprodutores Nelore anualmente, o melhoramento genético do rebanho é evidente, já que fazem a seleção da raça Nelore em dois programas diferentes, no PMGZ e DeltaGen. A cria é feita nas fazendas em Santo Antonio do Leverger (MT) e a terminação em Juscimeira (MT), o Grupo Rezende se dedica ao ciclo completo e possui um rebanho de cerca de 40.000 cabeças.

Todos os animais que irão a leilão foram genotipados e ceipados pela DeltaGen, esse trabalho já é feito há 3 anos, José Ricardo Rezende está muito orgulhoso do trabalho de melhoramento genético no rebanho.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados. Além das predições estarem cada vez mais seguras e confiáveis ainda conseguimos de brinde 100% de precisão na definição das paternidades. Este ano esta pratica se tornou obrigatória para todos os associados do programa, um belo avanço. Pelo ritmo que estamos avançando creio que aqueles que não se modernizarem rápido vão simplesmente sair do mercado se genética” afirmou Rezende.

Aspectos de melhora com a genômica

Rezende também salientou a importância das avaliações genômicas dos touros na validade das informações. “A maior segurança nas informações de performance dos animais conseguimos com a genômica, antes mesmo de possuirmos dados da progênie dos mesmos, permite anteciparmos a multiplicação dos animais de elevado valor genético”.

“Passamos a usar um percentual cada vez maior de sêmen de touros jovens nos acasalamentos. E este ano, pela primeira vez, aspiramos novilhas prenhaz com 16 meses e que ainda não tem nenhum filho avaliado, antes éramos cautelosos com o uso de genética de animais jovens, havia alto risco envolvido, com a genômica estamos perdendo cada dia mais este temor e reduzindo o tempo para melhorar nosso rebanho”.

Outro aspecto importante, e que só agora começa a ser melhor explorado, é a possibilidade de seleção para características de difícil mensuração na prática, dois exemplos disso são a seleção de animais para as características de conversão alimentar e maciez da carne.

A genômica é uma nova ferramenta muito poderosa e capaz de auxiliar muito no trabalho de seleção. Para não mencionar que a tendência é de queda de custos dos testes e elevação da eficiência dos mesmos.

Gado CEIPADO

O CEIP é uma ferramenta para identificar no universo da pecuária nacional a superioridade de um animal, assim caracteriza-se o CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção). O objetivo é distinguir quais machos e fêmeas, independente da sua respectiva categoria, são realmente animais melhoradores.

Modelo de apresentação do leilão

Cada touro do leilão terá um gráfico, como esse representado abaixo, nele estará todas as DEPs (Diferenças Esperadas na Progênie) que são avaliadas, cada característica pode ser positiva ou negativa, depende do que está sendo avaliado.

Touro Nelore do Grupo Rezende
Gráfico de animal pesando 728kg e com CE de 41

XI Leilão de Touros Grupo Rezende

Data: 23 de junho de 2018 às 14h
Local: Parque de exposições Vilmar Peres de Faria
Ao vivo pelo Canal do Boi, realização Central Leilões e Aroeira Leilões.

rebanho do grupo rezende
Rebanho do Grupo Rezende / Foto: Divulgação

Sobre o Grupo Rezende

O foco permanente do Grupo Rezende ao longo de sua história, direcionado à seleção de características de forte impacto econômico, como fertilidade, precocidade, ganho de peso, conformação frigorífica e rusticidade, bem como o reconhecimento pelo mercado das qualidades reais dos animais selecionados à pasto, resultaram em um projeto de venda de genética de ponta vitorioso, que cresce ano a ano.

Visando acelerar ao máximo os ganhos genéticos do rebanho destacam-se no trabalho de seleção do Grupo Rezende:

  • o rigor no registro de um amplo conjunto de dados de produção do rebanho;
  • o apoio permanente da DeltaGen na consolidação, tratamento e análise destes dados, confrontando-os sempre com os dados dos rebanhos dos demais associados;
  • o uso em larga escala de sêmen dos melhores reprodutores disponíveis no mercado e de protocolos de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) em 100% das fêmeas em produção;
  • o uso em larga escala da tecnologia de Fertilização In Vitro (FIV) para multiplicar ainda mais a genética das nossas melhores fêmeas;
  • o uso de dados genótipos e de imagens de ultrassom dos animais, como ferramentas complementares no processo de seleção e acasalamento;
  • a adoção de acasalamentos dirigidos para todas as fêmeas do rebanho;
  • uma forte pressão de seleção, com o descarte sistemático daqueles animais que não acompanham os demais.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.