Leite: Elevação dos custos e queda anormal da produção

Leite: Elevação dos custos e queda anormal da produção

PARTILHAR

Rebanho perde até 30% de peso após seca no RS; Na pecuária de leite, produtores sofrem com queda no volume e na qualidade da produção.

Nas diversas regiões do Rio Grande do Sul, a baixa disponibilidade de forragem verde, resultante da estiagem, continua impactando negativamente a condição corporal e a produção dos rebanhos leiteiros.

Para amenizar a situação, os criadores vêm utilizando grandes quantidades de suplementação alimentar na forma de volumosos conservados e concentrados proteicos. Isto acarreta em elevação dos custos de produção, sem resolver completamente o problema de queda anormal na produção.

A deficiência hídrica, com diminuição da quantidade e qualidade da água, tem gerado problemas na qualidade do leite em vários estabelecimentos, o que reflete em menor remuneração para o produto.

As estimativas de queda na produção leiteira relatadas pelos escritórios regionais da Emater/RS-Ascar nas respectivas áreas de abrangência foram as seguintes: regional de Erechim – 20%; Pelotas – 25%; Frederico Westphalen – 30%; Santa Maria – 30%; Porto Alegre – 30%; Bagé – 55%.

Além da menor produção, a deficiência hídrica no Rio Grande do Sul também tem comprometido a qualidade do leite gaúcho, prejudicando a remuneração dos produtores em um ano de custos mais elevados.

“Para amenizar a situação, os criadores vêm utilizando grandes quantidades de suplementação alimentar na forma de volumosos conservados e concentrados proteicos. Isto acarreta em elevação dos custos, sem resolver completamente o problema de queda anormal na produção”, aponta a Emater.

Para a próxima semana, a previsão é de pancadas de chuva isoladas  em todas as regiões do Rio Grande do Sul, mas em volumes inferiores a 10 mm. Somente no Alto Vale do Uruguai a previsão é de volumes de chuva entre 15 e 20 mm.

A coleta, o transporte e a industrialização do leite continuam ocorrendo regularmente, com os devidos cuidados sanitários recomendados contra a contaminação pela Covid-19. Ocorre o mesmo com a comercialização de produtos agropecuários e com a prestação de serviços veterinários e agronômicos.

As informações são da EMATER/RS.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com