Locutor realiza sonho de narrar em Barretos

Locutor realiza sonho de narrar em Barretos

PARTILHAR
Foto: Redes Sociais

Locutor ficou oito anos esperando uma oportunidade de narrar na Festa do Peão de Barretos, mineiro de Ponte Nova realiza sonho.

Chegar a Festa do Peão de Barretos como locutor de rodeios, não é uma missão fácil e, se tornar um locutor de rodeios também não. Cada um tem a sua história, cada um tem o seu começo. Insistir, persistir, acreditar, ter fé, ser apaixonado pelo que faz ou, quer fazer. Aos trinta e três anos de idade, Everton de Castro, de Ponte Nova (MG) foi um dos locutores do Rodeio Interestadual e semifinal e final do The American Run. Ele está há dezoito anos narrando rodeios.

Hoje Everton, vive do rodeio, porém, durante oito anos, trabalhou como gesseiro, servente de pedreiro, para poder pagar as viagens e pedir para narrar algumas montarias, mas só foi receber um cachê oito anos depois.

“Meus pais sempre me levaram a exposição agropecuária de minha cidade para assistir rodeios, eu via o Esnar Ribeiro nos programas da TV Rodeio, na década de noventa” Explica Everton “Eu tentei ser peão, mas não consegui, tive a minha primeira oportunidade de narrar montarias na minha cidade no ano de 2001”

“Meu sonho na verdade era ser peão, e tento levar essa emoção para o competidor” Explica “Tento levar isso, essa adrenalina, o rodeio está nas minhas veias. Quando eu comecei, eu sempre me imaginei na arena de Barretos, eu tive essa fé, sempre acreditei em mim, mesmo na época em que eu não recebia cachê, eu sempre pensei positivo” Comenta “Não me importo com o dinheiro, embora eu precise dele para meu sustendo, faço aqui que amo, hoje eu tenho a oportunidade de narrar com o Esnar Ribeiro, que foi meu ídolo que eu via pela TV e, na arena de Barretos”

Foto: Oito Segundos Publicidade

“Entrar naquela arena é algo mágico, lembro a primeira vez que fui narrar, eu tentava imaginar que eu não estava aqui, para poder concentrar, tinha medo até de perder a voz” Lembra.

“Então estar aqui, por três anos consecutivos, e ainda tive uma participação em 2013, posso dizer que meus sonhos aqui no Brasil estão todos realizados, afinal consegui chegar em Barretos” Explica “Mas, eu sei que existem vários rodeios realizados nos EUA para brasileiros, e tenho o sonho de narrar um rodeio na América”

Por Eugênio José

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.