Manejo melhora o bem-estar animal e o lucro da pecuária

Manejo melhora o bem-estar animal e o lucro da pecuária

PARTILHAR
Foto: Adriane Zart

A preocupação em desempenho e manejo na pecuária brasileira tomou proporções importantes no país, até porque se trabalha com uma margem muito pequena, então, se algo não sai como planejado, o prejuízo pode afetar o futuro da empresa.

Acompanhamos o trabalho da Médica Veterinária Adriane Zart, mestre em Ciência Animal pela UFMS e sócia diretora da Personal PEC, ela presta consultoria em bem-estar animal e manejo de gado por todo o Brasil, dando palestras e ministrando o treinamento Nada nas Mãos, técnica que melhora os resultados da pecuária apenas com mudanças simples no manejo com gado.

Adriane Zart

ENTENDER O COMPORTAMENTO DO GADO GERA RESULTADOS NO BOLSO DO PECUARISTA

Algumas perguntas são feitas – como maneja o gado com menor estresse? Como evitar acidentes com gente e gado? E como fazer tudo isso mantendo o fluxo e agilidade do serviço? – Essas perguntas foram respondidas na prática durante o treinamento na Fazenda Itacolomy, oferecido à agropecuária pela empresa Zoomix Suplementação Animal.

Durante o treinamento no curral foi possível perceber na prática que os animais se movem com muito mais confiança e tranquilidade quando conduzidos sem o uso de qualquer tipo de equipamento, nem mesmo as comuns bandeiras. Apenas a linguagem corporal é suficiente para nos comunicar com o gado. “A distância apropriada, o ângulo e a velocidade ao aproximar do rebanho são a chave para conseguir movê-los como e onde quisermos. O objetivo final é beneficiar o animal, mas também torna o nosso trabalho mais prazeroso” afirma Adriane.

Outro ponto importante, destacado por Adriane, é o de se trabalhar sempre com pressão e alívio sobre o gado. É fundamental entender como controlar a pressão – quando aplicar e quando liberá-la. É o alívio de pressão que diz ao gado que eles estão fazendo a coisa certa. Falando em pressão, chamou a atenção de todos o fato de que se deve evitar pressionar o gado por de trás. Diferentemente do que fazemos a décadas, tocando o gado, devemos nos aproximar pela frente ou lateral do animal, estimulá-lo a olhar na direção para onde queremos que ele vá e nos mantermos sempre dentro do alcance de visão do gado.

Alguns conceitos chaves, trabalhados durante o treinamento foram:

  • Gado quer ser guiado
  • Gado gosta de passar ao redor do manejador
  • Gado gosta de retornar por onde veio;
  • Gado consegue processar uma coisa de cada vez
  • Gado precisa confiar no manejador;
  • Pressão e alívio constrói confiança
1 em cada 2 animais abatidos apresentam problemas nas carcaças – gerando um prejuízo anual de 10 milhões de kilos por ano

Durante o dia de trabalho vários pontos foram observados, principalmente como essa diferença de manejo pode ser positiva para a produtividade na fazenda, Adriane comenta que muitas pesquisas já foram feitas e comprovam que matrizes submetidas ao estresse do manejo durante o protocolo de IATF (Inseminação artificial por tempo fixo) apresentam menores chances de emprenhar.



A diferença de prenhez na IATF de primíparas de acordo com a velocidade de saída do brete entre andando e correndo.

João Rodrigo Ribeiro, proprietário da Itacolomy Agropecuária também comentou a importância da qualificação da mão de obra – “O reflexo do gado são as pessoas que manejam ele, então é de extrema importância que a equipe seja bem treinada, venho melhorando a questão de respeito humano e animal e isso vem trazendo um ganho muito grande para a fazenda. Quando eu aumentei a seleção e qualificação dos funcionários das fazendas as perdas diminuíram muito durante os processos, principalmente fertilidade do rebanho e índice de mortalidade de bezerros“.

O bom manejo é responsável por 70 à 80% do sucesso para alcançarmos um desempenho satisfatório, tanto a pasto como em confinamento. Por isso a Zoomix investe neste tipo de evento, pois quanto melhor o manejo, melhores serão os resultados dos nossos produtos e os clientes ficarão mais satisfeitos. Manejo em currais também faz parte disso, não apenas manejo de pastagens e de cocho” – declarou Marcio Roberto.

O manejo de gado de forma segura, eficiente e com baixo estresse é um poderoso, e ainda subvalorizado e subutilizado aliado para qualquer exploração sustentável de gado, seja de cria ou de engorda. Não requer grandes investimentos em dinheiro e é capaz de aumentar o desempenho dos animais, incluindo ganho de peso, taxas de concepção, produção de leite, qualidade de carcaça e imunidade. A técnica de manejo Nada nas Mãos tem como objetivo buscar a máxima performance com construção de confiança e bem-estar das pessoas e dos animais.

Vídeos

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.