Mercado do boi gordo em alta, até no Rio Grande do Sul

Mercado do boi gordo em alta, até no Rio Grande do Sul

PARTILHAR
touros da raca braford
RPK Genética / Foto: Evoluê AG

A cotação subiu em 15 das 32 praças pecuárias monitoradas pela Scot Consultoria. O quadro é de escalas curtas e pouca disponibilidade de boiadas. 

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na última quarta-feira (2/9), em São Paulo, a cotação do boi gordo, para mercado interno chegou em R$242,00/@, preço bruto e a prazo. Descontando a alíquota do Senar a cotação é de R$241,50/@ e livre de Funrural e livre do Senar a cotação é de R$238,50/@. Houve alta diária de 0,85% ou R$2,00/@.

Com esse ajuste o ágio para o mercado chinês praticamente não existe.

A cotação subiu em 15 das 32 praças pecuárias monitoradas pela Scot Consultoria. O quadro é de escalas curtas e pouca disponibilidade de boiadas. 

Destaque para região Norte, onde em praticamente todas as praças as cotações subiram e, em agosto, acumularam um incremento médio de 11,5%, considerando as praças de Rondônia, Tocantins, Pará e Acre.

Preço do boi gordo tem reajuste de 7% em agosto no Rio Grande do Sul

O preço do boi gordo vem registrando recuperação no Rio Grande do Sul. Em agosto, o quilo do animal teve reajuste de 7% e confirmou a previsão feita pelo Núcleo de Estudos em Sistemas de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva, da Universidade Federal do Estado (UFGRS).

Os pecuaristas do estado vinham enfrentando dificuldades com os preços recebidos, que estavam abaixo do custo de produção. Mas, segundo Júlio Barcellos, coordenador do Nespro/UFRGS, a alta nos preços não ocorreu na mesma proporção observada no Brasil Central.

“Diferente do que muitos analistas projetavam, em agosto, não houve uma queda de preços, especialmente, porque ainda estamos vivendo o efeito de um inverno extremamente rigoroso, com poucas chuvas, no estado. Temos a oferta muito limitada e ainda uma disputa de bois para exportar, principalmente, para a China. Com isso tivemos uma redução de oferta e pequena valorização de preços, em particular de gado vendido a peso vivo”, diz o especialista.

Fonte: Scot Consultoria e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com