Mesmo irregulares, chuvas melhoram condições de plantio da safra nova

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Diferente de 2020, país não deve ter grandes períodos de estiagem, de acordo com a Rural Clima.

Os últimos dias foram marcados por chuvas em algumas áreas produtoras do Brasil, porém predominantemente de forma irregular. De acordo com o boletim agroclimático da Rural Clima, as chuvas estão ocorrendo e as condições para o plantio da soja, do milho e outras culturas estão melhores. “Mesmo que irregulares, as chuvas chegaram de vez e dificilmente teremos grandes períodos de estiagem no Brasil”, afirma Marco Antonio dos Santos, agrometeorologista.

Para esta quarta-feira (13/10), há previsões de chuva apenas para a região Norte do Brasil. “Norte de Minas, Goiás, algumas áreas do oeste da Bahia, do Tocantins, do Piauí e do Maranhão deve chover. No restante do Brasil, céu aberto com possíveis pancadas de chuva no final da tarde”.

No entanto, uma frente fria que começa a chegar pelo sul do Brasil também a partir desta quarta-feira (13/10) tende a levar corredores de umidade para diversas regiões do país. “Nada de chuvas para São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, porém aos poucos a frente fria avança e as chuvas vão ocorrendo no Brasil, diferente de 2020 que elas não ocorriam”, explica o agrometeorologista.

A partir de quinta-feira (14/10), um novo sistema avança sobre o sul do Brasil e deve causar chuvas torrenciais para o Paraguai, parte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além da continuidade de chuvas na extremidade norte do país. Santos reitera que as chuvas começam a engrenar a partir da segunda quinzena de outubro. “Vemos chuvas regulares para a segunda quinzena de outubro com o plantio de soja deslanchando rapidamente no país e melhora nas condições para o café, cana-de-açúcar, hortaliças”.

Fonte: Revista Globo Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com