Milho cai e gera oportunidade para pecuária

Milho cai e gera oportunidade para pecuária

PARTILHAR
Foto: Embrapa

Desde o início do mês, a saca de 60 quilos do cereal já se desvalorizou R$ 7 em algumas praças, segundo levantamento da Scot Consultoia. Confira!

Os preços do milho no mercado interno continuam com tendência baixista devido às incertezas com relação à demanda, aponta a Scot Consultoria. Além disso, pesa também as boas expectativas para a segunda safra, com a colheita ganhando força em junho.

A saca de 60 quilos está cotada entre R$ 54 e R$55, sem o frete, na região de Campinas (SP), frente a negócios em até R$ 62 por saca no início do mês. “Apesar das quedas, o milho está custando 43,4% mais em relação a abril do ano passado”, destaca a consultoria.

De acordo com a Scot, a curto e médio prazo, o viés é de baixa no mercado interno e de oportunidades de compra do cereal pelo pecuarista.

Mercado do boi gordo

A consultoria afirma que, normalmente, segunda-feira é um dia típico de poucos negócios e nesta segunda, 20, essa característica foi intensificada devido ao feriado de Tiradentes, na terça-feira, 21. “Boa parte das indústrias estão fora das compras. Os compradores ativos derrubaram as ofertas de compra. O volume de negócios, consequentemente, num dia ruim, piorou”, diz.

Em São Paulo, a cotação do boi gordo está estável. A arroba ficou cotada em R$195, à vista, bruto, em R$194,50, à vista, com o desconto do Senar e em R$ 192, à vista, livre de impostos (Senar e Funrural). Na praça paulista, ao longo deste mês, o preço da arroba caiu 2,5% (ou R$ 5). Entretanto, na comparação com o mesmo período do ano anterior, a arroba está 21,9% maior (ou R$34,50).

Carne bovina

O boi casado de bovinos castrados está cotado em R$13,06 por quilo, estável frente ao fechamento de sexta-feira e com queda de 2% no acumulado de abril. Na comparação ano a ano, houve alta de 25,3%. “Apesar do feriado, é pequena a possibilidade de aumento significativo do consumo, o que deve manter o mercado sem mudanças”, conclui a Scot.

Compre Rural com informações da Scot Consultoria e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com