Milho em patamar elevado encosta nos R$ 100,00/sc

PARTILHAR
milho sendo carregado em caminhao
Foto: Divulgação

O clima favorável nos próximos dias para a safra norte-americana derrubou os futuros do milho, que chegaram a bater o limite diário de desvalorização.

No mercado físico do milho poucas negociações acontecem com os agentes recuados, assim a saca do cereal se sustenta na casa dos R$94,00 em Campinas/SP. O pregão de terça-feira na B3 trouxe fortes correções influenciada pela queda da CBOT, a exemplo, o com vencimento em julho/21 fecha o dia avaliado em R$ 92,34/sc, queda de 1,93%.

O clima favorável nos próximos dias para a safra norte-americana derrubou os futuros do milho, que chegaram a bater o limite diário de desvalorização em Chicago nesta terça-feira. O contrato para julho/21 recuou 5,92% e encerra o dia em US$ 6,56/bu.

Boi Gordo

O mercado físico de boi gordo continua andando de lado. Com isso, a arroba do boi gordo permanece circulando entre os R$ 315,00 e 320,00 no estado de São Paulo. Na B3, o contrato com vencimento em outubro/21 fechou mais um dia em alta, cotado a R$ 322,65/@, valorizando 0,64 % no comparativo diário.

No mercado atacadista da carne bovina, as expectativas de valorização para a carcaça casada bovina seguem firmes por parte dos frigoríficos. O feriado paulista do dia 09 de julho deve antecipar as negociações para entregas na próxima semana, paira sobre o mercado a expectativa de que a carcaça casada sofra reajustes para cima, a definição das cotações deve acontecer entre hoje e amanhã. Por enquanto, os preços nominais permanecem nos R$ 19,60/kg.

Soja

Apesar da alta do dólar no fechamento da terça-feira, os preços da soja em Paranaguá/PR recuam para o nível de R$162,00/sc puxados pela forte desvalorização CBOT da commodity.

Na bolsa norte-americana, os futuros recuam forte após previsões climáticas favoráveis ao cultivo da oleaginosa nos EUA, principalmente para as regiões onde as chuvas foram mais irregulares até o momento. O contrato para julho/21 fecha o dia negociado a US$ 13,63/bu, queda de 6,06% no comparativo diário.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.