Milho irrigado por gotejamento é pioneiro em MT

Milho irrigado por gotejamento é pioneiro em MT

milho-irrigado-gotejamento-lucas-do-rio-verde
Foto: Divulgação

Estação de Pesquisa da Syngenta em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, acaba de deslanchar como pioneira da América Latina na utilização de um inovador sistema de irrigação nos campos de milho.

A implementação dessa nova tecnologia, realizada no último mês de agosto, faz parte do Plano de Desenvolvimento de Sementes da Syngenta, e consiste na aplicação de um sistema inteligente de irrigação por gotejamento que fica enterrado na lavoura.

Instalado em 30 hectares em área de Desenvolvimento e Pesquisa de Lucas do Rio Verde, o sistema traz inovação em dois sentidos, tanto na modalidade (subterrânea) quanto pela quantidade e nível de sensores, válvulas e controladores, que fornece supervisão completa e facilita a automação do processo de irrigação das lavouras.

Leia também

Dessa forma, é possível realizar testes de restrição hídrica em qualquer fase do ciclo de desenvolvimento da cultura, o que significa maior capacidade de constatar a adaptabilidade ao estresse hídrico em cada etapa de desenvolvimento da planta e manejar lâminas de irrigação específicas para cada demanda, favorecendo assim o uso consciente e a economia de água.

Apesar de serem direcionadas apenas para a cultura do milho, em especial para as variedades da safrinha, no futuro, outras culturas poderão se beneficiar da tecnologia.