Milho, soja e trigo avançam em Chicago antes de dados do USDA sobre estoques

PARTILHAR

A estimativa média dos estoques de milho dos EUA em 1º de setembro foi de 1,155 bilhão de bushels, representando uma queda em relação a projeção da USDA.

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de milho subiram nesta quarta-feira nos Estados Unidos, se recuperando das quedas do dia anterior, com os traders ajustando posições antes de um importante relatório trimestral do governo dos EUA, disseram analistas.

Os futuros da soja e do trigo também avançaram, com as três commodities resistindo à pressão de um dólar americano bruscamente mais alto.

Na bolsa de Chicago, o milho para dezembro fechou em alta de 6,50 centavos de dólar, a 5,39 dólares por bushel, mas ficou dentro da faixa de negociação de terça-feira.

A soja para novembro fechou em alta de 6,75 centavos de dólar, a 12,8375 dólares o bushel, e o trigo para dezembro avançou 3,75 centavos de dólar, para fechar em 7,1025 dólares o bushel.

Os futuros do milho subiram antes do relatório trimestral de estoques do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), que será divulgado na quinta-feira.

Entre os analistas consultados pela Reuters, a estimativa média dos estoques de milho dos EUA em 1º de setembro foi de 1,155 bilhão de bushels, o que representa uma queda em relação aos 1,187 bilhão de bushels que o USDA projetou em seu último relatório mensal de oferta/demanda.

“Os estoques de milho devem cair e podem cair mais do que isso, com base em como o mercado à vista está aqui. Os mercados internos estão muito fortes”, disse Jack Scoville, analista do Price Futures Group em Chicago.

Fonte: Reuters

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com