Morre o presidente da Semeato, aos 77 anos

Morre o presidente da Semeato, aos 77 anos

PARTILHAR
Roberto Otaviano Rossato (Foto: Divulgação)

Fabricante de plantadeiras e semeadeiras, a Semeato tem 56 anos de atuação e é uma das pioneiras do plantio direto no Brasil. Veja abaixo!

Morreu, na sexta-feira (02/12), aos 77 anos, em Passo Fundo (RS), o presidente da indústria de plantadeiras Semato, Roberto Otaviano Rossato. Em nota, uma empresa informou que a morte do empresário ocorreu por conta de “problemas de saúde”, sem especificar uma causa. 

Ele deixa esposa e três filhos. O velório do dissipador será na sede da associação dos funcionários e, por conta da pandemia de Covid-19, será restrito aos familiares.

“Roberto iniciou sua trajetória nos escritórios e na busca por excelência na fabricação das plantadeiras passou a trabalhar diretamente com os operários, torneiros, mecânicos e vendidos”, ressalta a nota da empresa sobre o negócio.

O velório ocorrerá na Associação dos Funcionários da Semeato neste sábado, 13. Em virtude da pandemia da Covid-19, será restrito aos familiares.

Fabricante de plantadeiras e semeadeiras, a Semeato tem 56 anos de atuação e é uma das pioneiras do plantio direto no Brasil. Possui sete unidades no Rio Grande do Sul, localizadas nos municípios de Passo Fundo, Carazinho e Butiá.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com