Mosca-dos-chifres ainda impacta produção pecuária

Mosca-dos-chifres ainda impacta produção pecuária

PARTILHAR
Mosca-dos-chifres ainda impacta produção pecuária
Foto: Divulgação

Infestações da mosca-dos-chifres nos bovinos causam perdas de até 40 kg de peso vivo por ano; inseto incomoda muito os animais pelas picadas dolorosas

O desconforto e irritação aos bovinos é uma das reações mais comuns à mosca-dos-chifres, parasita responsável por cerca de R$ 1,6 bilhão em prejuízos à pecuária brasileira por ano, segundo dados da Embrapa. Para sanar esse problema, o uso do brinco mosquicida representa uma eficiente opção. “A mosca-dos-chifres incomoda muito os animais pelas picadas dolorosas. Uma única fêmea da mosca pode atacar o animal mais de 40 vezes por dia, deixando o rebanho irritado, o que promove uma interferência negativa em sua produtividade”, diz o médico veterinário Humberto Moura, gerente de produtos de animais de produção da Vetoquinol Saúde Animal.

Moura explica que essa irritação caudada pela da mosca-dos-chifres nos bovinos deixa graves prejuízos ao pecuarista. “Pesquisas indicam que este parasita, que afeta cada vez mais e de maneira mais intensa os bovinos no país, pode causar perdas de até 40 kg de peso vivo e 20% na produção de leite, além da desvalorização do couro.”

Disseminada por todo o território nacional, a mosca-dos-chifres, cujo nome científico é ‘Haematobia irritans’, tem um ciclo de parasitismo de 3 a 7 semanas, com capacidade de voo de até 25 quilômetros. Além disso, esses hematófagos fazem a deposição de ovos sobre fezes frescas, que em média são 300 ovos por postura.

Para auxiliar o pecuarista nessa batalha contra a mosca-dos-chifres, a Vetoquinol – uma das 10 maiores indústrias veterinárias do mundo – desenvolveu e apresenta ao mercado uma nova geração de brinco mosquicida: Fiprotag 210, que possui formulação inovadora com associação exclusiva dos princípios ativos Fipronil e Diazinon e oferece proteção por até 210 dias, com carência zero para o abate e leite.

“Fiprotag 210 promove rápida ação com proteção prologada, deixando o gado limpo, protegido e pronto para ter o desenvolvimento esperado. Com a aplicação de um brinco por animal, na parte central do pavilhão auricular, tem-se o efeito inseticida esperado: a mosca-dos-chifres deixará de ser uma preocupação para os pecuaristas, o gado reestabelece seu bem-estar deixando de perder peso e também produzindo mais leite”, finaliza Moura.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.