Navio embarca 13.000 bezerros, veja o vídeo!

Navio embarca 13.000 bezerros, veja o vídeo!

PARTILHAR
Foto Divulgação

Um mega embarque de animais vivos. Os animais foram enviados para a Turquia com as vendas somando cerca de R$ 36 milhões. Confira agora!

O Rio Grande do Sul promoveu o embarque de mais de 13 mil terneiros vivos com destino à Turquia. A operação aconteceu nesta sexta-feira, 23, teve a fiscalização da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O navio com 13.296 terneiros vivos zarpou na manhã de sexta-feira (23) do Porto de Rio Grande direto para a Turquia, onde seguem para engorda em 39 estabelecimentos no país. O Brasil é um dos maiores exportadores de gado vivo do mundo, setor que vem ajudando a cadeia da pecuária nacional!

Os animais resultam de cruzamento de raças europeias (Angus, Hereford…), têm entre zero e 12 meses e pesam de 200 quilos a 250 quilos. O lote é oriundo de 366 propriedades gaúchas e cumpriu quarentena de pelo menos 21 dias, conforme exigência da Turquia, em dois estabelecimentos de pré-embarque (EPE’s), um em Pelotas e outro em Rio Grande.

O embarque começou na terça-feira (20), às 13h30,  terminou na sexta-feira (23), às 03h45, e foi efetuado pelas tradings Angus Trading e Estância Del Sur. A viagem dura cerca de 21 dias.

A auditora fiscal federal agropecuária (AFFA) lotada no Serviço de Fiscalização de Insumos e Saúde Animal (Sisa), Soraya Elias Marredo,  foi deslocada para acompanhar o embarque, uma competência da Vigilância Agropecuária Internacional (Viagiagro).

Segundo a supervisora regional de Pelotas da Seapdr, Liége Furtado de Araújo, os países importadores têm preferência por animais de raças europeias, que são encontrados aqui no Rio Grande do Sul, e que 90% do gado em pé é exportado para a Turquia, enquanto 10% tem como destino o Egito, Líbano e Jordânia.

Vídeo mostra o embarque recorde que aconteceu no Porto esse ano:

“Desde o início deste ano, já foram carregados em torno de 100 mil animais”, destaca.

“Foi tudo tranquilo, mesmo com o déficit de efetivo”, salienta.  Ela explica que os setores precisam se ajudar já que, se ela não assumisse, teria que vir um colega do Norte ou Nordeste. “O Ministério da Agricultura vive um período difícil com poucos servidores e sem previsão de concursos para preencher esse quadro”, reitera. 

O superintendente dos Portos do Rio Grande do Sul (Portos RS), Fernando Estima, diz que essa operação movimentou em torno de US$ 6,5 milhões, ou R$ 36 milhões. Estima  afirma  que o Rio Grande do Sul é o terceiro exportador de boi vivo do Brasil, atrás apenas de São Paulo(1º) e Pará(2º), mas ressalta que o Estado está se posicionando para ficar entre os dois principais por apresentar condições mais adequadas de pré-embarque.

Foto: Soraya Marredo Mapa

“O Porto de Santos, em São Paulo, está com sérios problemas ,pois é uma região de trânsito intenso e não tem áreas apropriadas, que a gente chama dos pátios de triagem, para dar mais tranquilidade e garantir o bem estar animal”, explica.

O superintendente salienta que o Estado tem áreas de fazendas próximas e o deslocamento gera menos estresse,  o que favorece a ocorrências das operações no Estado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com