Naviraí Camparino faz a maior média de touros do ano

Naviraí Camparino faz a maior média de touros do ano

PARTILHAR
navirai-camparino-touros
Foto: Divulgação

Remate encerrou a ExpoGenética com chave de ouro ao vender 200 reprodutores Nelore provados pela ANCP e ABCZ a mais de R$ 23.000 de média.

Na tarde de 27 de agosto, Cláudio Sabino de Carvalho Filho e José Humberto Villela Martins receberam pecuaristas das mais diversas regiões do Brasil no recinto Leilopec, em Uberaba, MG, para o 19º Leilão Naviraí Camparino. O remate é um dos mais aguardados do ano e encerrou com chave de ouro a programação da 10ª edição da ExpoGenética.

Repetindo o retrospecto dos últimos anos, o remate fez a maior média de reprodutores Nelore do ano ao vender 199 touros aspados e mochos ao preço médio de R$ 23.445. Na conversão por boi gordo, o valor é equivalente a 178,9@ para pagamento à vista no Triângulo Mineiro (R$ 131/@). O total movimentado pelo remate foi de R$ 4,6 milhões.

Na divisão por categorias os animais aspados tiveram 148 exemplares negociados a R$ 24.855, enquanto os demais 51 sem chifres foram vendidos a R$ 19.352 de média. Todos saíram com avaliações genéticas do Nelore Brasil, da ANCP; e do PMGZ, da ABCZ. Todos os lotes tiveram seguro de vida e transporte assegurados pela Denner Seguro de Animais

navirai-camparino
Foto: Divulgação

Fabrica de touros – A Naviraí é um dos principais criatórios de Nelore do País, tendo surgido em 1965 pelas mãos de Cláudio Sabino de Carvalho. A produção está concentrada na Chácara Naviraí, em Uberaba, MG, e na Fazenda Santa Marta, em Naviraí, MS. José Humberto Villela Martins atua na seleção de Nelore e Nelore Mocho na Fazenda Camparino em Mirassol D’ Oeste, no Sudoeste de Mato Grosso, desde 1993.

Os trabalhos de pista foram conduzidos pelos leiloeiros Adriano Barbosa e Paulo Brasil, com pagamentos fixados em 24 parcelas. O evento contou com organização da parceria entre a Leilopec e Estância Bahia e transmissão do Canal do Boi.

ExpoGenética

Fonte: Portal DBO