O maior Caminhão Boiadeiro do mundo, Road Train; Vídeo

PARTILHAR

O maior caminhão boiadeiro do mundo, os road trains ou rodotrens, são característicos da Austrália; possuem mais de 53 metros de comprimento; Confira!

Os maiores caminhões do mundo, os road trains ou rodotrens, são característicos da Austrália, apesar de serem utilizados também em outros países. Os primeiros trens rodoviários surgiram em alguns países da Europa e Austrália, ainda no fim do século XIX e início do século XX. O maior caminhão boiadeiro do mundo, possuem mais de 53 metros de comprimento; Confira os vídeos e imagens!

O mundo da pecuária não teria chegado onde chegou sem a utilização do transporte rodoviário para a movimentação dos rebanhos. Esse mecanismo trouxe para o mercado um novo conceito e permitiu o avanço do setor. Você já deve ter visto alguma dessas imagens pela internet e se perguntou: “Esses caminhões existem?”. Pois bem, vamos aos detalhes desses verdadeiros trens sobre o asfalto.

Um trem rodoviário é um caminhão com muitos reboques com carga atrás dele. A combinação total de caminhão + reboque pode ser de até 53,5 metros, ou até mais se conduzido em propriedade particular. Quando um trem rodoviário está totalmente carregado, pode pesar até 200 toneladas.

Surgimento

Os primeiros trens rodoviários surgiram em alguns países da Europa e Austrália no fim do século XIX e início do século XX.

Praticamente se confundido com o continente Oceania devido a sua enorme extensão, a Austrália é o sexto maior país do mundo em extensão territorial, porém devido a seu solo pobre e desértico, apresenta pouca agricultura. Apesar disso, ela se apresenta com um dos maiores produtores de gado do mundo e riquezas através dos minérios de ferro, alumínio, urânio, ouro, chumbo, níquel e zinco.

Devido a esse panorama, dá para ter uma ideia do porque os road trains predominam nesse país, pois trata-se de um país muito grande, com relevo plano, cercado por oceanos e sem divisas com outros países, porém, com muita carga pesada para transportar.

A criação dos Road trains modernos na Austrália é atribuída ao australiano Kurt Johansson. Ele era motorista de caminhão desde a adolescência, dentre outras profissões e se interessava pela mecânica e invenções e por volta dos anos 30, ousou construir um veículo capaz de transportar 100 cabeças de gado por 320 km em uma das estradas do Outback Australiano.

Veja como é, dentro e fora, do maior caminhão boiadeiro do mundo:

O veículo transportava cinco vezes mais gado do que era possível até aquele momento e teve vários sucessores.

Após a segunda guerra, o inventor pode comprar caminhões e outros itens mecânicos excedentes do exército americano e com esses veículos foi capaz de construir o primeiro trem rodoviário moderno do mundo, com três reboques, usando um caminhão porta tanques Diamond T980. 

Uma das primeiras fabricantes a se interessar pela ideia foi a australiana Freighter trailers, que passou a construir comercialmente a nova modalidade de transporte e que passaria, em pouco tempo, a ser bastante utilizada no país. Os trens rodoviários seriam utilizados para transportar todos os tipos de produtos que eram comercializados na época, como o gado, o combustível, minérios etc.

Seu transporte de baixo custo desempenhou um papel significativo no desenvolvimento econômico de áreas remotas e conseguiu mudar a forma como a pecuária era transportada.

Curiosidade: A Austrália possui estradas tão longas que usam placas com jogo de perguntas para manter os motoristas acordados, um trecho, entre as cidades de Balladonia e Caiguna tem 144KM sem uma única curva sequer. 
Manejo e transporte do gado em uma fazenda da Austrália
Manejo e transporte do gado em uma fazenda da Austrália
Manejo e transporte do gado em uma fazenda da Austrália

Nas estradas públicas, a legislação local permite combinações geralmente com 3 reboques e semi reboques, que em algumas vezes podem chegar a 4, com comprimento total limitado a 53,5 metros. Isso permite um PBT – Peso Bruto por Total, de aproximadamente 120 toneladas. 

Os 53,5 metros permitidos em rodovias públicas, embora sejam impressionantes na Austrália, principalmente se comparado com os gigantes rodotrens permitidos no Brasil, de até 30 metros, ainda podem ficar pequenos se comparando com os rodotrens que rodam em estradas particulares dentro de grandes mineradoras, onde não possuem uma limitação estipulada por legislações. 

Curiosidade 2: Na Austrália os road trains de mineradoras podem ter mais de uma dezena de carretas, os caminhões além de já terem motores potentes, ainda podem receber aprimoramentos para facilmente ultrapassar os 1000cv.  Usualmente, transportam cerca de 200 toneladas com 7 carretas de mais de 30 eixos e podem chegar a 460 t e ainda ter um segundo motor adicional, instalado em uma das carretas.

Principais perguntas

  • Quantos bovinos cabem em um trem rodoviário?

Isso depende do tamanho do gado. Uma unidade de 6 decks poderia transportar aproximadamente 144 vacas, 280 bezerros ou 108 bois.

  • Quanto tempo dura um trem rodoviário?

Uma unidade de 6 decks tem 53,5 metros de comprimento.

  • Qual a potência dos caminhões?

600 – 620HP

  • Quantos pneus estão em um trem de estrada?

São 80 pneus no solo e 8 sobressalentes transportados por cada unidade.

  • Quanto combustível um trem de estrada usa?

A média é de 1 quilômetro para 1 litro de diesel. Um trem rodoviário pode transportar 2.000 litros de diesel quando totalmente abastecido.

Recorde de um trem rodoviário

O recorde para o trem rodoviário mais longo é de 1.474,3 m (4.836 pés 11 pol), onde um único motor principal Mack Titan, conduzido por John Atkinson (Austrália), rebocou 113 reboques por uma distância de aproximadamente 150 m (490 pés) em um evento patrocinado pelo Hogs Breath Café, em Clifton, Queensland, Austrália, em 18 de fevereiro de 2006.

Quanto ganha um motorista de trem rodoviário na Austrália?

Nos Estados Unidos, o salário médio dos engenheiros de locomotivas, que inclui os motoristas, é de US$ 54.830, de acordo com o Bureau of Labor Statistics. Em contraste, a maioria dos maquinistas na Austrália ganha entre US$ 78.000 e US$ 103.999.

Brasil

Curiosamente no Brasil, em especial para o transporte de cana de açúcar, já foram flagrados comboios de até 10 reboques (130 m) trafegando em estrada pública de duas pistas no Mato Grosso com uma simples placa dizendo: “VEÍCULO LONGO”, confira no VÍDEO:

Mudança do Contran aumenta altura dos caminhões boiadeiros

Depois de enfrentar os constantes transtornos na fiscalização em razão da altura inadequada para o transporte de gado, os caminhoneiros do setor contam agora com uma importante decisão do governo federal que corrigiu o problema. Uma deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aumentou em 30 centímetros a altura máxima desse tipo de veículo usado no deslocamento e locomoção de animais vivos, também conhecido como caminhão boiadeiro.

Com a medida, o tamanho agora dessas carretas passou de 4,40 para 4,70 metros. A elevação dessa altura só foi possível graças à deliberação nº 177 publicada no dia 12 de dezembro no Diário Oficial da União. A iniciativa ocorreu após representantes dos caminhoneiros recorrerem ao Ministério da Infraestrutura e ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para pedir uma regulamentação rápida para o segmento.

A reivindicação da categoria recebeu o apoio dos frigoríficos. Líder na produção dessas gaiolas de transporte, a Carrocerias Boiadeiro sempre lutou por essa alteração, por considerar mais adequada para transportar equinos e bovinos.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com