O que tem sustentando o preço da arroba? Confira!

O que tem sustentando o preço da arroba? Confira!

PARTILHAR
Vacada nelore
Foto: Divulgação

Exportação em alta, ajustes na produção interna e irrigação da economia ajudam a sustentar @ do boi. Confira abaixo as informações!

As margens de lucros das indústrias frigoríficas registaram um bom desempenho nos quatro primeiros meses deste ano, se comparado com o mesmo período de 2019. Um dos fatores que têm colaborado para este cenário são as exportações que estão ajudando a escoar a produção de carne bovina. 

Segundo o Sócio da Radar Investimentos, Douglas Coelho, as indústrias que estão habilitadas a exportar para a China aumentaram o volume de abates nos próximos dias. “Nós continuamos muito otimistas com a demanda externa já que 70% das empresas na potência Asiática retomaram as atividades”, comenta. 

Para atender a demanda do mercado externo, alguns frigoríficos vão trabalhar neste final de semana e no próximo feriado para cumprir os contratos. “Os dados que saíram na China são animadores e as exportações amenizam os impactos do consumo interno”, afirma. 

Os preços no mercado do atacado não recuaram diante do isolamento da população brasileira. “Nós acreditamos que a demanda interna esteve sustentada, principalmente pelo o auxílio emergencial que chegou em um bom momento”, aponta.. 

Coelho ainda ressalta que os preços do boi gordo não tiveram alterações desde o feriado da quarta-feira de cinzas, que foi comemorado no dia 26 de fevereiro. “Ele ficou praticamente estável, enquanto as vendas no mercado externo aceleraram  e tivemos habilitação de novas plantas a exportar para o Egito”, destaca.

Exportação

A receita diária média obtida com as exportações brasileiras de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada chegou a US$ 26,466 milhões nas duas primeiras semanas de abril, entre os dias 01 e 12.

Na comparação com a média diária de abril de 2019, de US$ 20,336 milhões, verifica-se alta de 30,15% no valor obtido diariamente pelas exportações de carne bovina.

Com sete dias úteis contabilizados em abril até o dia 12, foram exportadas 41,921 mil toneladas de carne bovina, com receita total de US$ 185,266 milhões e um preço médio de US$ 4.419,40 por tonelada.

Os dados partem da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Fonte: Notícias Agrícolas e Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com