Operação apreendidos de 5.236 litros de defensivos

Operação apreendidos de 5.236 litros de defensivos

PARTILHAR

Foram apreendidos de 5.236 litros e 1.599,80 quilos de defensivos irregulares, 62 unidades de embalagens vazias de produtos sem registro.

Os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Justiça e Segurança Pública (MJ) realizaram durante esta semana as operações Ronda Agro e Hórus no estado de Mato Grosso do Sul. O objetivo da ação foi coibir o comércio e o uso de defensivos agrícolas irregulares com princípios ativos proibidos no Brasil e produtos contrabandeados dos países vizinhos. 

A operação conjunta resultou na apreensão de 5.236 litros e 1.599,80 quilos de defensivos irregulares, 62 unidades de embalagens vazias de produtos sem registro no Brasil, além da fiscalização de 258 veículos em rodovia e 112 propriedades rurais.

Auditores fiscais federais agropecuários do Mapa e fiscais da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) lavraram 13 e 32 autos de infração respectivamente, totalizando 45 autuações realizadas. Ao todo 823,95 quilos de produtos apreendidos nessa operação serão destinados para destruição. 

Segundo o Superintendência Federal de Agricultura do MS, Celso Martins, foi registrado um aumento das apreensões de agrotóxicos irregulares no estado nos últimos anos. 

Participaram das operações oito equipes de fiscalização, compostas pela Iagro, Polícia Militar (DOF, PRE e Batalhão de Choque), Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública e auditores fiscais federais agropecuários lotados nos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Mato Grosso do Sul e Brasília, além de auditores que atuam na Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro). 

“Essa foi a primeira ação nacional conjunta entre o Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária para Fronteiras Internacionais (Vigifronteira) e o Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), marcando a importância da cooperação entre esses órgãos para a consecução de seus objetivos institucionais em benefício da sociedade”, destacou o auditor fiscal federal agropecuário Marcos Eielson de Sá.

Fonte: MAPA

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com