Operação de guerra salva vaca em ordenha robotizada; fotos

PARTILHAR
vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ - Canterbury

Bombeiros tiveram um grande trabalho essa semana, salvar uma vaca que caiu no fosso de uma ordenha robotizada na Nova Zelândia, confira a sequência de fotos

O Corpo de Bombeiros da Província de Cantebury, na Nova Zelândia tiveram um trabalho inusitado essa semana, uma vaca da raça Holandesa resolveu dar um passeio por onde não devia e ficou presa no centro do Carrossel. Os bombeiros e o veterinário sedaram e içaram a vaca para fora da sala de ordenha. A vaca se recupera bem!

Confira o relato dos bombeiros – “Nossas equipes de Dunsandel e Burnham foram chamadas esta manhã para ajudar um fazendeiro e um veterinário a remover esta vaca do centro da plataforma de ordenha. Para completar este resgate complexo, as equipes tiveram que remover as parte do telhado do galpão, enquanto o veterinário sedou a vaca preparamos o caminhão munck para içar o animal, no fim das costas deu tudo certo”.

vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ – Canterbury

“A vaca está descansando enquanto se recupera de sua pequena aventura”, brincou os bombeiros. Nas imagens é possível ver um pano cobrindo os olhos do animal, para que ele não se assustasse durante o processo, tudo ocorreu bem e o animal foi salvo.

vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ – Canterbury

O acidente ocorreu em uma ordenha robotizada no estilo carrossel, a instalação e a utilização desse equipamento é algo relativamente novo no sistema de produção de leite, não só no Brasil como no mundo, e é dependente tanto do comportamento individual das vacas como da qualidade da gestão na propriedade. O primeiro robô ordenhador experimental foi construído na Alemanha, na Universidade de Hohenhein, em 1980, pelo professor Karl Rabold.

O primeiro sistema comercial foi instalado em 1992 na Holanda e, desde então, a ordenha robotizada (automática) é uma tecnologia que vem ganhando espaço no mundo todo. No Brasil, a primeira unidade instalada foi em Castro-PR, em 2012 e, em 2015, já eram 10 propriedade com ordenhas robotizadas.

Sala de ordenha rotativa AutoRotor Magnum 90
Sala de ordenha rotativa / Foto: GEA

Um dos pontos mais importantes e a vantagem mais enfatizada da ordenha robotizada seria aliviar o produtor da rotina da ordenha, tendo como principal objetivo a melhora na mão de obra e qualidade de vida do produtor/funcionário.

Vantagens da ordenha robotizada

A ordenha robotizada é mais do que um substituto da mão de obra. Suas vantagens incluem a possibilidade de monitorar a saúde do úbere, a produção de leite, o status reprodutivo do rebanho, o consumo de matéria seca, mudanças no escore corporal, entre outras coisas, através de sensores automáticos. Informações individuais dos animais podem ser coletadas, o que não é fácil de se conseguir em um sistema de ordenha convencional.

A ordenha automática representa tanto uma oportunidade como um desafio. Apesar das vantagens comentadas anteriormente, ela apresenta um desafio muito grande em fazer com que a vaca entre espontaneamente para ser ordenhada. Para atingir eficiência na produção é necessário visitas frequentes e voluntárias. A frequência de ordenha é importante para a crescente produção e está ligada, não apenas à ração fornecida no robô, mas também ao manejo, conforto, saúde e interação social entre as vacas.

Confira mais algumas fotos do salvamento:

vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ – Canterbury
vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ – Canterbury
vaca cai em ordenha robotizada e bombeiros sao acionados
Foto: Fire and Emergency NZ – Canterbury

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com