Os maquinários e a conservação de alimentos

Os maquinários e a conservação de alimentos

PARTILHAR
silagem-de-milho
Foto Divulgação.

As mudanças no campo passam, também, pelas inovações tecnológicas e os impactos que essas trazem para a qualidade dos alimentos é imenso!

No início do mês de maio estive presente em mais uma edição da Agrishow, feira que acontece em Ribeirão Preto (SP) com mais de 800 expositores e 150 mil visitantes.

A feira nasceu em 1994 com a intenção de gerar negócios para fins agrícolas. Embora não fosse a atração principal, a pecuária sempre esteve presente ao longo destes 25 anos.

Contudo, nesta última edição, dezenas de empresas ofertavam maquinários para pecuária, com particular atenção para aqueles utilizados para a produção de alimentos conservados (silagem e feno).

Isso mostra que a pecuária vem avançando dentro da feira com o passar dos anos, ou seja, mais equipamentos e também com melhor desempenho estão sendo disponibilizados para o nosso setor. Cabe ressaltar que também houve crescimento de maquinários de pequeno porte destinados à pequena e média propriedade. Outro fato interessante foi que algumas empresas brasileiras que produzem equipamentos mais ‘simples’ estão se associando as empresas estrangeiras com a intenção de disponibilizar máquinas mais ‘sofisticadas’ para o mercado nacional.  

Como o número de expositores está crescendo dentro da feira, isto significa que as vendas estão aquecidas. Com mais equipamentos no campo, a possibilidade de se avançar na confecção de alimentos (silagem e feno) também cresce. Não só em termos de eficiência produtiva, mas também quanto aos aspectos relacionados com a qualidade destes alimentos.

Por exemplo: atualmente, há no mercado brasileiro enfardadoras de fardos redondos com dispositivo para a redução do tamanho de partículas para pré-secado. Uma dezena de exemplos poderiam ser citados aqui em termos de tecnologias disponíveis para a produção de silagem e feno (colhedoras, ceifadoras-condicionadoras, vagões misturadores e etc).

Por fim, eu gostaria que os leitores se atentassem para as seguintes mensagens: a mudança no cenário de máquinas traz mudanças no plano alimentar dos animais. Num passado próximo, quase a totalidade das vacas brasileiras eram alimentadas com silagem de planta inteira de milho produzida com colhedora de uma linha.

Atualmente, as dietas vêm se transformando e, num futuro próximo, mais mudanças ocorrerão. Ou seja, outros alimentos conservados irão compor o plano alimentar e o grau de refinamento da formulação das dietas mudará na mesma proporção.

Fonte: Milk Point

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com