“Para 2022, já tem a chapa do ladrão e do vagabundo”, diz Bolsonaro

PARTILHAR
Presidente da República - Jair Bolsonaro
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Discursou na entrega de 17 mil títulos de propriedade rural no Maranhão para assentados da reforma agrária; Confira abaixo as informações!

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 6ª feira (21.mai.2021), no início de seu discurso, que já existe uma chapa formada para as eleições presidenciais de 2022. Deu a declaração em cerimônia de entrega de títulos rurais em Açailândia (MA).

“Falando em política, para o ano que vem, já tem uma chapa formada: um ladrão candidato a presidente e um vagabundo como vice”, disse. O chefe do Executivo não nomeou os presenciáveis aos quais se referia.

Nesta 6ª, minutos antes do evento, a conta oficial do ex-presidente Lula (PT) no Twitter divulgou que o petista se encontrou com o ex-presidente  Fernando Henrique Cardoso (PSDB) nesta 6ª feira.

De acordo com a publicação, o encontro foi organizado pelo ex-ministro Nelson Jobim. “Os ex-presidentes tiveram uma longa conversa sobre o Brasil, sobre nossa democracia, e o descaso do governo Bolsonaro no enfrentamento da pandemia”.

Lula e FHC têm feito declarações um sobre o outro, mas sempre pela mídia ou pelas redes sociais. FHC declarou na semana passada que votaria em Lula na eleição de 2022, caso não haja um candidato de centro.

Bolsonaro ainda criticou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B). “O Estado do Maranhão com certeza será liberado dessa praga. Como falei no começo, foi em tom de brincadeira, mas é verdade. Só os do partido ficam gordo, o povo emagrece, sofre. Eles não têm o que oferecer a vocês.”, disse o presidente.

TÍTULOS RURAIS

O governo entregou nesta 6ª feira (21.mai) 17.084 documentos de titulação, entre provisórios e definitivos, para agricultores no Maranhão. Eis algumas informações sobre o programa de crédito habitacional:

  • Início do programa: 30 de setembro de 2020;
  • Investimento: R$ 340 milhões (em todo o país);
  • Número de contratos de crédito habitacional aprovados: mais de 9 mil (em todo o país);
  • Número de contratos de crédito habitacional pagos: 4.732 (em 11 Estados -Pará, Pernambuco, Goiás, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Alagoas e Piauí);
  • Maranhão: lidera a concessão de crédito habitacional, com mais de 2 mil contratos assinados (investimento: R$ 68 milhões);

O Programa Titula Brasil busca, segundo o governo, firmar parcerias com prefeituras na execução de ações do Incra voltadas ao atendimento do público de reforma agrária e de regularização fundiária. No Maranhão, 57 prefeituras já solicitaram adesão ao programa, das quais 13 já firmaram Acordo de Cooperação Técnica para início das atividades.

Governo entrega 17 mil títulos de propriedade rural no Maranhão

O presidente Jair Bolsonaro participou hoje (21) da cerimônia de entrega de 17.084 títulos de propriedade rural no Maranhão. Deste total, 16.616 são títulos para famílias assentadas da reforma agrária e 468 títulos são de regularização fundiária. Durante o discurso, Bolsonaro comparou os títulos recebidos a uma carta de alforria.

“Quando a gente consegue ganhar casa própria e sair do aluguel é um momento inenarrável. Quando se consegue título rural também. É sentimento de liberdade”, disse o presidente.

Ele acrescentou que, com os títulos em mãos, os beneficiados poderão produzir na própria terra e agregar valor a ela com obras, sabendo que, no futuro, ela será patrimônio para os filhos. “Vocês estão sendo libertos hoje. Outros aguardam essa carta de alforria para o futuro”, disse o presidente.

Segundo Bolsonaro, 139 prefeituras de 11 estados já formalizaram adesão ao programa Titula Brasil junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) – programa que foi criado para apoiar a titulação de assentamentos e de áreas públicas rurais da União e do Incra passíveis de regularização por meio de parcerias com os municípios. “Estamos dando meios para que prefeitos de todo Brasil possam colaborar nessa aquisição de títulos por parte de vocês”, acrescentou.

O presidente do Incra, Geraldo Melo Filho, disse que o Maranhão é o segundo estado com maior número de regularização do país. “A partir de hoje vocês são de direito os donos dessas terras, que são suas e de suas famílias”, disse.

Já o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que a construção de estruturas para armazenagem de produtos agrícolas está entre as preocupações do governo federal. “Falta [em muitas regiões do país] estruturas de silo. Está em nossa pauta a construção de estrutura de armazenagem no Brasil inteiro, sem burocracia.”

Fonte: Agência Brasil


Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.