Passo a Passo para construir um Curral de Pneu; Vídeo!

PARTILHAR

A implantação do curral ecológico pode ser adequada a diversas condições dos proprietários; Confira, abaixo, o Passo a Passo para construir um Curral de Pneu!

A pecuária brasileira, seja corte ou leite, possui um grande leque de diferenças entre as propriedades e, por isso, vários são os tipos de sistemas de criação, manejo e etc, difundidos por esse país. Neste sentido, o nosso foco, será mostrar uma alternativa simples, sustentável e que pode ajudar muitos pecuaristas do Brasil. Confira, abaixo, o Passo a Passo para construir um Curral de Pneu!

Sabendo que a cadeia produtiva agropecuária é um dos setores que mais cresce e se moderniza no mundo e, pensando nisso, sermos sustentáveis na produção de alimento é um fator importante para o setor de toda cadeia produtiva.

Logo, com o crescimento pela demanda de alimentos no mundo, onde precisamos ser cada vez mais produtivos e respeitarmos o meio ambiente, surgem as alternativas de se utilizar materiais que seriam descartados por muitas vezes não reaproveitáveis, para então trazer sustentabilidade ao sistema agropecuário, uma destas alternativas se faz pela construção de currais com pneus.

Entre os materiais (resíduos), mais nocivos ao meio ambiente encontramos o plástico e borracha, pois esses materiais demoram tempo indeterminado para serem decompostos, e que sem o destino e processamento correto se tornam poluentes potencialmente perigosos para o meio ambiente. Dessa maneira, a reutilização desses materiais torna-se ambientalmente e economicamente viáveis, como por exemplo a reutilização de pneus usados na construção de currais e pisos antiderrapantes para manejo pecuário.

Em depoimento, um produtor rural do município de Colorado d’Oeste que fica há 600 km da capital Porto Velho resolveu inovar e apostar na economia ecologicamente correta para construir um curral em sua propriedade. “Eu sinto muito feliz com o resultado final”, foi assim que definiu o produtor Agnaldo Souza referindo a sua obra de arte. Ele é proprietário de um sítio às margens da BR-364, no sul do Estado de Rondônia. O primeiro na região a construir um curral com borrachas de pneus velhos.

A reutilização de pneus como matéria-prima na construção de currais e outras estruturas agropecuárias promove uma alternativa barata, sustentável e simples para o destino desse tipo de resíduo. A construção dessa estrutura, em 90% dos casos, gera uma grande economia para a fazenda, além de permitir uma melhora no manejo dos animais e, consequentemente, ajuda na produtividade.

O curral ecológico de pneus pode ser construído com poucos materiais, aliado ao baixo custo de implantação e simplicidade na instalação, que terá fundamental papel na redução de criadouros de mosquito Aedes Aegypt (vetor da dengue), por exemplo, auxiliando além do meio ambiente a saúde pública.

A implantação do curral ecológico pode ser adequada a diversas condições dos proprietários, mesmo porque pneus são facilmente encontrados e servem como substitutos para as tábuas convencionais.

Passo a Passo para construir um Curral de Pneu

Seguem os Materiais necessários:

Para um curral de 24 m² (o projeto pode ser adaptado de acordo com as exigências e necessidades do proprietário).

  • Pneus – O pneu deve ser cortado de maneira que seja removida apenas a banda de rodagem para que seja utilizada como tábuas laterais.
Fonte: rtpneus.com.br
  • Mourões – Os mourões devem ter cerca de 3 metros de comprimento e 15 centímetros de largura, na instalação, é necessário que 1/3 seja enterrado, de maneira que o curral tenha em torno de 2 metros de altura. Espaçamento de 1 metro entre os mourões.
Fonte: mercadaodoeucalipto.com.br
  • Parafuso – É importante que o parafuso escolhido seja resistente e não afrouxe facilmente, é indicado a utilização do parafuso francês zincado.
  • Porcas e Arruelas – Serão responsáveis por fixar as pranchas de borracha nos mourões.
Fonte: realparafusosmaquinas.com.br  
  • Tábuas para sustentação – Garantem sustentação e travamento de toda a estrutura do curral, deve ser fixada na parte superior dos mourões ao redor de todo perímetro.
Fonte: pindense.com.br
  • Dobradiça – É recomendada a utilização de dobradiças tipo ferradura para a instalação da porteira do curral.
  • Porteira e trinco – Serão utilizados para controlar a entrada e saída dos animais no curral.

Instalação

Instale os mourões com distância de 1 metro entre si, em seguida parafuse as tábuas de contenção na parte superior dos mourões e posteriormente cerque o perímetro utilizando as bandas de rodagem dos pneus reutilizados. Instale a porteira e o trinco.

 O planejamento e a construção de um curral, baseado nos parâmetros do contexto deste tema abordado, garantindo o sucesso de uma boa construção permite a propriedade obter um manejo apropriado do rebanho, além de ser um investimento que gera retorno positivo a médio e longo prazo.

A escolha de um tronco de contenção adequado aliado ao bom curral, permite elevar o nível da propriedade, de forma que consiga ser alcançada melhor produtividade, sustentabilidade e valorização do produto.

Depoimentos

Ao invés de usar a madeira para cercar o espaço onde o gado fica confinado, o produtor decidiu usar os pneus sem uso, que seriam descartados Na propriedade dele, cheia de árvores e com uma plantação de eucaliptos, ele usou apenas algumas partes de madeira para dar sustentação.

Foto: Jeander Oliveira Caetano
Foto: Jeander Oliveira Caetano

Os pneus foram arrecadados depois de uma campanha feita por ele entre vizinhos e empresas. Em um mês, o produtor recolheu a quantidade suficiente de pneus velhos para dar início ao projeto. “Jogar fora não pode, tem que reaproveitar, porque isso aqui na natureza vai demorar anos para acabar e não pode ficar jogado por ai”, disse Cândido.

Em outro caso, os pneus velhos foram adquiridos na cidade de Vilhena, e o gasto foi de aproximadamente R$ 700. Alguns, segundo Agnaldo, foram doados por borracharias, que desafogaram o estoque de pneus sem utilidade nas empresas. Com a finalização da obra, o produtor conta que teve uma economia de aproximadamente R$ 8 mil, devido o alto valor da madeira. O gasto na obra foi de R$ 11 mil em 80m² de área construída. Se fosse construído tudo em madeira, como costumeiramente é feito, Agnaldo estima de teria gastado em torno de R$ 18 a 20 mil.

Compre Rural com algumas informações da Coimma

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com