Pecuarista pode acompanhar abate em tempo real, veja!

Pecuarista pode acompanhar abate em tempo real, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação

Indústria faz adaptações, em meio a crise do coronavírus, para pecuarista acompanhar o abate em tempo real através de câmeras instaladas, veja!

Em meio à pandemia de Covid-19, a indústria frigorífica fez uma série de adaptações na sala do pecuarista para garantir que o produtor que esteja interessado em acompanhar o desempenho de seus lotes possa fazê-lo com segurança e sem a necessidade de entrar na sala de abates da fábrica. O assunto foi tratado em detalhes, em entrevista do gerente de originação da Friboi em Diamantino-MT, Thiago Bessa.

“A gente pensou realmente em deixar uma janela, uma oportunidade para o pecuarista vir e acompanhar o seu produto aqui dentro da fábrica, só que de uma maneira diferente”, explica o gerente.

A indústria, visando dar melhor atendimento ao produtor e buscando se adaptar ao momento vivido pelo país, utiliza da tecnologia de câmeras internas para poder dar, ao produtor, a oportunidade de ver o resultado do que ele fez no campo.

“A gente colocou dentro da sala do pecuarista, numa sala reservada nossa, um ambiente controlado aqui que ele tem acesso tanto ao peso online, animal a animal que está passando na balança naquele momento, e também quatro câmeras dentro do abate em que é possível ver todo o padrão de abate, acabamento de gordura, a parte de terminação dos animais. Ali ele pode ver qual foi o resultado que ele teve no campo”, explicou Bessa.

Seguindo os protocolos de combate ao COVid-19

“Nesta sala, seguimos todos os protocolos de segurança mundiais estabelecidos para poder proteger as pessoas que estão envolvidas neste processo, tanto o pessoal da limpeza, quanto o próprio pecuarista. É disponibilizado álcool em gel, tem uma limpeza que é feita a cada pessoa que entra ou sai desta sala, a sala é inteira higienizada, tem disponibilização de máscaras para as pessoas que por ventura quiserem para se sentir mais confortáveis com isso”, explica o gerente.

“Então é possível vir até a unidade, já na entrada da unidade, quando você chega aqui, tem uma portaria específica com pessoal treinado aqui para poder recebê-lo. Lá também é seguido todo o protocolo das organizações mundiais de saúde, é medida a temperatura, também são disponibilizadas máscaras para todo o pessoal que entra nas fábricas, não só para os pecuaristas, mas também todos os nossos funcionários hoje passam por este protocolo a fim de protegê-los”, detalhou.

As recomendações são da OMS, e devem ser seguidas afim de evitar o contágio da doença que tem causado uma crise sem precedentes no mundo, afetando economia e comércio pelo mundo.

Thiago Bessa mencionou ainda que o produtor pode acompanhar os dados de desempenho das suas boiadas ao abate também em tempo real pelo aplicativo Friboi Pecuarista, disponível para download para smartphones pelos links abaixo:

Adaptado do Giro do Boi

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com