Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Pintos de corte: produção segue aquém dos 4 bilhões de cabeças de um ano atrás

Como resultado desse desempenho, o volume produzido nos sete primeiros meses de 2022 soma 3,871 bilhões de cabeças, 3,38% a menos do ano passado.

Os últimos dados divulgados pela APINCO dão conta de que a produção de pintos de corte de julho de 2022 permaneceu, praticamente, nos mesmos níveis registrados nos dois meses anteriores, apresentando variação inferior a meio por cento em relação ao volume levantado em maio e junho.

Ao todo, foram produzidos no mês perto de 559,3 milhões de pintos de corte, resultado que, pela média diária, representou redução de quase 3% sobre o mês de junho. Já na comparação com julho de 2021 o retrocesso foi mais agudo, ficando próximo de 5,5%.

Como resultado desse desempenho, o volume produzido nos sete primeiros meses de 2022 soma 3,871 bilhões de cabeças, 3,38% a menos que os 4 bilhões de cabeças registrados em idêntico período do ano passado.

Já os pouco mais de 6,796 bilhões de pintos de corte produzidos nos 12 meses encerrados em julho passado apresentam redução superior a 2% em relação a idêntico período anterior. Notar, neste caso, que a redução observada está quase toda concentrada em 2022, visto que a queda registrada entre agosto e dezembro de 2021 não chegou a 1%.

Por sinal, mantido no restante do ano o mesmo índice de redução observado entre janeiro e julho, de pouco mais de 2%, o total anual irá ficar aquém dos 6,8 bilhões de cabeças. Será o menor volume registrado no último triênio.

Fonte: AviSite
Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM