Polícia Civil acaba com a farra de ladrões de gado

Polícia Civil acaba com a farra de ladrões de gado

PARTILHAR
abate-clandestino
Foto Divulgação

A Operação Carne Fria começou em fevereiro e terminou nesta quarta, dia 29, com a prisão de três pessoas; policiais apreenderam armas e munições e mais de 400 kg de carne.

A Polícia Civil apreendeu 424,6 quilos de carne imprópria para o consumo e sem procedência nesta quarta-feira, dia 29. A Operação Carne Fraca, realizada no município de Taquara (RS), terminou com a prisão de três pessoas e apreensão de quatro armas de fogo e munições.

A investigação teve início em fevereiro deste ano, quando policiais flagraram um veículo com dois homens transportando um bovino adulto, fracionado ao meio, em Taquara. Segundo o delegado Ivanir Caldas, o animal havia sido furtado momentos antes, em São Francisco de Paula (RS).

No interior do município, foram localizadas máquinas utilizadas para o fracionamento da carne ilícita, além de câmara de resfriamento. Também foram apreendidas quatro armas de fogo e munições. Três pessoas foram presas.

Além dos policiais civis, participaram da operação dois fiscais estaduais agropecuários e um técnico agrícola.

“Estas ações em parceria são cada vez mais comuns e envolvem questões de inteligência e perícia”, explica a diretora da Associação dos Fiscais Agropecuários do Rio Grande do Sul (Afagro), Angela Antunes.

roubo-de-gado-venda-ilegal-carne
Policiais encontraram mais de 400 quilos de carne sem procedência. Foto: Angela Antunes

Os agentes também localizaram máquinas utilizadas para o fracionamento de carne e uma câmara de resfriamento.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com