Polícia recupera R$ 1 milhão em gado roubado; Parabéns!

PARTILHAR

Animais estavam sendo vendidos em leilão na beirada de uma rodovia do estado no dia seguinte ao roubo. Cerca de 336 cabeças de gado foram recuperadas!

A Polícia Civil de Bauru (SP) apreendeu 336 cabeças de gado nesta quarta-feira (15) que foram roubadas de uma fazenda de Itatinga (SP). De acordo com a Polícia Civil, as autoridades foram informadas pela Polícia Militar que o gado roubado, avaliado em mais de R$ 1 milhão, estava sendo vendido em um leilão às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, próximo a Avaí (SP).

O responsável pelo leilão informou à polícia que o gado foi deixado no local por um pecuarista de Taquarituba. O pecuarista também foi ouvido e relatou que comprou os animais de um corretor que se apresentou como represante dos donos dos animais.

Ainda segundo a polícia, a compra foi paga pelo pecuarista para uma moradora também de Taquarituba em transferência bancária e em cheque. As investigações apontam a suspeita de que o “corretor” esteja envolvido no roubo. Ele ainda não foi localizado.

A Polícia Civil informou que o roubo do gado aconteceu na manhã desta terça-feira (14), mas os autores do crime chegaram na propriedade na tarde de segunda-feira (13).

Polícia Civil recupera 336 cabeças de gado avaliadas em mais de R$ 1 milhão roubadas de fazenda em Itatinga

Durante o assalto, os suspeitos renderam quatro pessoas. O caseiro da fazenda foi o primeiro a ser rendido e ficou refém dos assaltantes por quase 24 horas, segundo os policiais.

As cabeças de gado foram recuperadas e devolvidas aos donos dos animais. O caso é acompanhado pelo setor de investigações rurais da Polícia Civil e até esta quinta-feira (16) ninguém havia sido preso.

Cabeças de gado roubadas em Itatinga (SP) e encontradas pela Polícia Civil são avaliadas em mais de R$ 1 milhão — Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Polícia Civil de Bauru apreendeu 336 cabeças de gado que haviam sido roubadas de uma fazenda de Itatinga (SP). — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Após comprar 28 cabeças de gado furtadas por R$80 mil, dono de açougue é preso por recepção em Sucupira

No dia 28 de agosto, 34 bovinos foram furtados de uma fazenda que fica a 28 km da zona urbana em Sucupira. Nesta terça-feira, 14, 28 dos animais foram encontrados em uma propriedade rural, o suspeito que também é dono de uma açougue, foi preso por receptação.

“Com base no relato da vítima e também de posse das características dos animais, montamos uma força-tarefa que envolveu policiais civis de Sucupira, Aliança, Santa Rita e Gurupi, no sentido de encontrar o paradeiro do gado furtado”, disse o delegado Joadelson Rodrigues Alburquerque.

Foto: SSP/Divulgação

O proprietário da propriedade rural em que os animais foram encontrados tem 48 anos e admitiu que comprou 28 animais de uma pessoa conhecida como “Formigão”. Tendo pago R$8 mil à vista e parcelado R$72 mil em cheques, somando um total de R$ 80 mil.

As investigações ainda estão em busca de encontrar os responsáveis pelo furto do gado. O receptador foi mandado para a Casa de Prisão de Gurupi e o gado foi periciado e devolvido ao verdadeiro dono.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com