Preço da saca de milho bate recorde

Preço da saca de milho bate recorde

PARTILHAR

Preço da saca de milho bate recorde; Maior valor nominal da série histórica do Cepea foi atingido nesta quarta-feira. Confira!

O Indicador do milho Esalq/BM&FBovespa, base Campinas (SP), fechou a R$ 54,18 a saca de 60 kg nessa quarta-feira, 4 de março. O resultado representa o maior valor nominal da série histórica do Cepea, iniciada em agosto de 2004.

Já em termos reais (valores atualizados pelo IGP-DI), o maior patamar deflacionado da série do Cepea, de R$ 68,00 a saca, foi verificado em dezembro de 2007.

Segundo o Cepea, o elevado patamar do dólar – que atingiu também recorde nominal nesta quarta, a R$ 4,578 – afastou vendedores do mercado de milho, que preferiram vender a soja. Além disso, o excedente interno de milho é baixo.

Segundo a Scot Consultoria

Com as valorizações do dólar, demanda interna aquecida e expectativas de estoques finais mais apertados, os preços do milho estão fortalecidos.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a saca de 60kg de milho ficou cotada em R$54,00, em São Paulo (4/3). Aumento de 32,6% na comparação com março de 2019 e em relação a fevereiro deste ano, a alta foi de 3,6%.

Com isso, considerando a praça de São Paulo, a relação de troca com a arroba piorou 2,5% em relação ao mês anterior e 1,9% no acumulado de um ano.

Os preços do grão devem se manter firmes em curto e médio prazos. Ressalta-se, porém, a maior pressão da oferta no segundo semestre do ano devido à colheita das lavouras de milho de segunda safra.

Compre Rural com informações do Cepea e Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com