Preço do boi gordo continua subindo e chega a R$ 226

Preço do boi gordo continua subindo e chega a R$ 226

PARTILHAR
Foto Divulgação.

De acordo com a consultoria Safras, a oferta de animais terminados segue restrita, dificultando um avanço consistente nas escalas de abate dos frigoríficos.

Os preços do boi gordo voltaram a subir em algumas praças de produção e comercialização nesta sexta-feira, 31, de acordo com a consultoria Safras. “A oferta de animais terminados segue restrita, dificultando um avanço consistente nas escalas de abate. Os animais que cumprem os requisitos para exportação ao mercado chinês seguem muito demandados neste momento”, diz o analista Fernando Henrique Iglesias.

Segundo ele , segue a expectativa em relação à primeira quinzena de agosto, com a celebração do Dia dos Pais atuando como motivador da demanda para esse período em particular.

Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista passaram de R$ 225 para R$ 226 por arroba. Em Uberaba (MG), seguiram em R$ 220 por arroba. Em Dourados (MS), subiram de R$ 216 para R$ 218 por arroba. Em Goiânia (GO), continuaram em R$ 218 por arroba. Já em Cuiabá (MT), foram de R$ 204 para R$ 205 por arroba.

Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina também subiram. “A expectativa para a primeira quinzena de agosto ainda é por reajustes dos preços, em linha com a boa reposição entre atacado e varejo”, disse Iglesias.

Com isso, a ponta de agulha permaneceu em R$ 12,50 o quilo. O corte dianteiro subiu de R$ 12,75 o quilo para R$ 12,80 o quilo, e o corte traseiro aumentou de R$ 14,50 por quilo para R$ 14,60 o quilo.

Fonte: Agência Safras e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.