Preço do milho segue acima dos R$ 90,00/sc

PARTILHAR
Açúcar natural diminui efeitos da seca na cultura do milho
Foto: Renata Silva

O último pregão da semana também refletiu esse movimento nos futuros de milho na B3 que fecharam o dia em leve queda; Liquidez melhora na semana!

Os preços do cereal em Campinas/SP encerram a sexta-feira no patamar de R$91,00/sc após uma semana mais movimentada nos negócios do milho disponível com o mercado mais ofertado. O último pregão da semana também refletiu esse movimento nos futuros de milho na B3 que fecharam o dia em leve queda, o vencimento novembro/21 recuou 0,1% valendo R$ 88,57/sc.

O rápido avanço da colheita nos EUA força novos recuos nas cotações CBOT do cereal. O vencimento dezembro/21 recuou 0,66% valendo US$ 5,30/bu no final do dia.

Boi Gordo

Ainda sem novidades em relação a liberação sobre as compras de carne bovina da China, parte dos frigoríficos continua afastados das compras e a pressão baixista segue no mercado físico do boi gordo em São Paulo. Neste cenário desafiador, os pecuaristas vão vendendo a preços menores, com referência próximo aos R$ 270,00/@.

Na B3, o contrato futuro de boi gordo com vencimento para outubro/21, apresentou altos e baixos ao longo da semana e terminou cotado em R$ 278,85/@, valorizando 1,27% no comparativo diário

No mercado atacadista de carne bovina em São Paulo, as cotações dos principais produtos bovinos comercializados seguiram cedendo às pressões e continuaram a sofrer ajustes negativos. Com isso, a carcaça casada bovina terminou a sexta-feira pré-feriado prolongado, cotada em R$ 18,00/kg. A expectativa é de melhora no volume de venda para o feriado de 12/10

Soja

Prêmios de exportação sustentados por reporte de vendas trouxe estabilidade para os preços da soja no mercado brasileiro com a saca comercializada a R$ 172,00/sc, em Paranaguá/PR.

Na CBOT, o desempenho de queda do óleo de soja influenciou os contratos futuros da oleaginosa. O vencimento novembro/21 foi cotado a US$ 12,43/bu, recuo de 0,34%

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com