Preço dos grãos segue estável e de olho na demanda

PARTILHAR
Foto: Dirceu Portugal/Fotoarena

Já na B3, a leve melhora nas condições das lavouras no Paraná fez com que os futuros recuassem e o vencimento mar/22 fechou a terça-feira cotado a R$ 100,53/sc.

No mercado físico do milho ocorre um baixo fluxo de comercialização com preço em Campinas/SP travado nos R$ 98,00/sc. Já na B3, a leve melhora nas condições das lavouras no Paraná fez com que os futuros recuassem e o vencimento mar/22 fechou a terça-feira cotado a R$ 100,53/sc.

Em Chicago os futuros variaram pouco com suporte do trigo diante da tensão na fronteira da Ucrânia, país que é importante player global para ambas commodities. O vencimento mar/22 ficou valendo US$ 6,20/bu, queda de 0,16%.

Boi Gordo

Mais um dia de equilíbrio no mercado do boi gordo, isso por que ao mesmo tempo que a oferta se apresenta de maneira curta, a demanda não dá sinais de que pode aumentar muito seu padrão de consumo, com isso o preço do boi gordo não sai do lugar e fecha a terça-feira rodando os R$ 338,00/@ em São Paulo. Já na B3, o contrato com vencimento para fev/22 encerrou o dia cotado a R$ 341,55/@, sem grandes variações no comparativo diário.

No mercado atacadista de carne bovina em São Paulo, a demanda enfraquecida, típica de final de mês, refletiu no desempenho das vendas, gerando dificuldade de escoamento dos cortes bovinos no varejo e levando a sobras de produtos.

Desta forma, a cotação da carcaça casada bovina por enquanto segue de lado, em R$ 19,50/kg, porém, não se descarta novos reajustes caso o fluxo de vendas para fev/22 não melhore

Soja

Acompanhando o recuo do dólar a soja passa por reajuste negativo dos preços no mercado físico brasileiro. Em Paranaguá/PR, a oleaginosa é negociada na casa dos R$ 178,00/sc.

Na CBOT, os contratos futuros de soja fecharam o dia em alta influenciados pela valorização do óleo de soja, que por sua vez, foi impulsionado pelos ganhos do petróleo. O vencimento mar/22 ficou cotado a US$ 14,07/bu, alta de 0,30%.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.