Preço dos ovos recuam pelo terceiro mês consecutivo

Preço dos ovos recuam pelo terceiro mês consecutivo

PARTILHAR
Foto: Divulgação

A pandemia de covid-19 e seus impactos no poder de compra da população têm gradativamente reduzido a liquidez do produto nas principais regiões.

Mesmo com a leve valorização na última semana de julho, os preços dos ovos caíram na média do mês, acumulando três períodos consecutivos de recuos, segundo dados do Cepea.

A pandemia de covid-19 e seus impactos no poder de compra da população têm gradativamente reduzido a liquidez do produto nas principais regiões consumidoras, pressionando as cotações.

Com a demanda desaquecida, os descartes das poedeiras mais velhas devem ser antecipados, de acordo com colaboradores do Cepea, em uma tentativa de diminuir a oferta de ovos e impulsionar os preços, uma vez que as margens do setor têm estado muito estreitas, devido aos elevados patamares dos preços dos principais insumos consumidos na atividade, milho e farelo de soja.

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.