Preços do milho abrem a semana com estabilidade

PARTILHAR
Colheita de milho. Espiga de milho. Grãos. Colheitadeira
Foto: Wenderson Araujo/Trilux

Os preços permaneceram estáveis em Campinas/SP, onde a saca é negociada na casa dos R$ 91,00. Já na B3, o vencimento novembro/21 foi cotado a R$ 88,83/sc, avanço de 0,29%.

Em clima de feriado a semana se inicia de maneira calma nos mercados físico e futuro do milho. Os preços permaneceram estáveis em Campinas/SP, onde a saca é negociada na casa dos R$ 91,00. Já na B3, o vencimento novembro/21 foi cotado a R$ 88,83/sc, avanço de 0,29%.

Nos primeiros 6 dias úteis de outubro/21 o volume de 482,8 mil toneladas de milho deixou os portos brasileiros, quantidade que corresponde a 9,65% do total de milho exportado em outubro/20. Com o preço da tonelada em US$ 201,5/ton, a receita obtida com as exportações do cereal é de US$ 97,29 milhões e corresponde a 12% da receita total obtida em outubro/20 quando o valor da tonelada era de US$ 166,8.

Boi Gordo

Com o feriado prolongado, o mercado físico do boi gordo seguiu sem grandes novidades. As indústrias frigoríficas, em sua maioria, permanecem fora das compras enquanto avaliam as vendas no mercado interno. Portanto, os negócios concretizados ainda estão com referência próximo aos R$ 270,00/@.

Na B3, o contrato futuro de boi gordo com vencimento para out/21, terminou o dia cotado em R$ 277,90/@, desvalorizando -0,34 % no comparativo diário.

Com a interrupção das compras dos chineses, as exportações brasileiras de carne bovina começaram a sentir os reflexos de tal medida. Foram 30,43 mil toneladas de proteína bovina embarcada nos seis primeiros dias úteis de out/21, resultando em uma média diária de 5,07 mil toneladas, 37,65% abaixo da média de out/20 e 43,05% da média de set/21. Este é o pior resultado para uma primeira semana desde jan/21.

Soja

Enquanto o mercado aguarda pelo boletim de oferta e demanda do USDA, a soja encerrou a segunda-feira em queda em Chicago, o que pressionou os preços no mercado físico brasileiro. A oleaginosa é vendida na média de R$ 169,00/sc, em Paranaguá/PR.

As exportações de soja iniciaram o mês em ritmo acelerado com 240,2 mil toneladas carregadas diariamente, praticamente o dobro do volume carregado diariamente em outubro/20. Somente na 1ª semana do mês corrente 1,441 milhões de toneladas deixaram os portos brasileiros, volume que corresponde a 59,5% de toda soja exportada em outubro/20

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.