Produtores rurais baianos são destaques na 2ª edição do Mundial de Queijo do Brasil

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Conhecida nacionalmente pelo potencial produtivo de grãos, fibra e frutas, a Bahia acaba de inserir os queijos artesanais em seu portfólio agropecuário.

A qualidade dos queijos e derivados lácteos que são produzidos na Bahia ganhou mais um reconhecimento nacional.

estado se destacou na 2ª edição do Mundial do Queijo do Brasil, ao conquistar 20 medalhas (2 ouros, 6 pratas e 12 bronzes) no Concurso Mundial de Queijos e Produtos Lácteos, que ocorreu na semana passada, em São Paulo. O Senar Bahia, responsável pela capacitação dos produtores desta iguaria, marcou presença na competição.

Conhecida nacionalmente pelo potencial produtivo de grãos, fibra e frutas, a Bahia acaba de inserir os queijos artesanais em seu portfólio agropecuário. O item baiano vai participar do Concurso Mundial da França, em setembro de 2023.

“Foi uma satisfação participar do concurso mundial, levando um produto da Bahia, do Nordeste. Tive a honra de ser premiado com a medalha de prata, ainda mais já tendo recebido uma medalha de bronze”, ressaltou Gildemário Carneiro, de Nova Fátima. Ele e a sua esposa Zezé já tinham recebido medalha de prata pelos seus produtos no ENEL.

Fonte: Notícia Livre

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com