Pronto para confinar em 2021?

Pronto para confinar em 2021?

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Mercado aquecido e surge a dúvida de todo ano: “Quais pontos analisar antes de pensar em confinar no ano de 2021?”; Confira agora!

Todos os anos, os produtores de todo país se empenham para realizar novos ciclos de produção com mais e mais eficiência. Mas o planejamento dessas ações deve ser feito com antecedência, para que como resultado tenha-se apenas um check list para hora de iniciar efetivamente as atividades. Esse hábito busca trazer mais segurança nas decisões e armazenamento dos dados e experiência para próximos ciclos, uma vantagem incrível a fim de garantir a saúde de negócios altamente rentáveis. 

O número de animais terminados em confinamento será recorde em 2020. O número de bois gordos terminados em confinamento no Brasil deve alcançar o recorde de 6,188 milhões de cabeças em 2020, 6% acima das 5,856 milhões de cabeças de 2019, de acordo com dados do levantamento “Censo de Confinamento DSM 2020”.

Em 2020, muitos setores foram prejudicados em decorrência da crise financeira. Segundo o Ministério da Economia, os setores de atividades artísticas e de transportes foram os mais prejudicados com base na variação do faturamento do setor – dados divulgados no Diário Oficial da União, 09/2020.

A agropecuária, no entanto, apresentou crescimento frente ao ano de 2019 (CNA). A produção pecuária seguiu o crescimento do setor, apresentando valor recorde da arroba no mercado nacional e aumento do volume de carne exportada, principalmente para a China. 

Em compensação, o valor atingido pela arroba em Novembro/2020 – algumas praças praticaram até R$300,00 – não garantiram margens mais confortáveis aos pecuaristas, isso justificado pelos negócios de bezerro, boi magro e carne terem seguido as tendências de aumento (Agromensal 12/2020, Cepea). Fato que acabou colocando em cheque o planejamento e organização dentro das propriedades.

Mas se mesmo com um mercado pagando valores altos, não vemos grandes margens de lucro para o produtor, o que fazer para planejar o confinamento deste ano e ter sucesso?

Para ajudar você, pecuarista, nesse planejamento, reunimos uma lista com alguns pontos essenciais para manter a saúde financeira de um confinamento de sucesso no ano de 2021:

– Análise dos dados do ciclo anterior;

– Investimentos;

– Orçamento ou fluxo de caixa;

– Necessidade de capital de giro ou financiamento;

– Estratégia de venda.

Após essa lista, vamos falar um pouco sobre como aprofundar isso na sua forma de produzir.

Análise dos dados do ciclo anterior

Um ótimo começo é recordar os acertos e erros de ciclos passados. A experiência se junta ao conhecimento nessa etapa para ajudar com as perguntas “O que pode ser repetido?” e “O que pode (e deve) ser abandonado?”

Todas as informações de compra de animais, formulação de dieta, estoque de insumos, rotina diária e pedidos de compra ou manutenção devem ser considerados. Tão importante quanto essas informações qualitativas é a possibilidade de envolver números e analisar indicadores de produção.

São alguns indicadores da produção: ganho médio diário dos animais, arrobas produzidas de carcaça, rendimento de carcaça, custo da arroba produzida e o lucro por cabeça. 

Investimentos

No caso de você estar iniciando sua jornada na pecuária, existem algumas estruturas e possibilidades às quais você deve se atentar. Geralmente, a terminação de animais em confinamento envolve desembolso inicial alto, mas ainda assim mantém seus adeptos no mercado com sucesso, dependendo de fatores como:

– Estrutura

O planejamento da área disponível para os animais em relação ao tamanho total da propriedade deve ser considerado, para que haja espaço o suficiente para movimentação e alimentação, a fim de evitar estresse. O tamanho de baias e piquetes, o cumprimento da linha de cocho, o tamanho e capacidade de bebedouros ou aguadas. Essas informações já proporcionarão a possibilidade de dimensionar gastos com cercas e equipamentos, por exemplo. São estruturas válidas também embarcadores, troncos de contenção e currais de manejo, já que são estruturas que vão proporcionar a segurança do trabalho para sua equipe e manejos mais racionais.

– Compra e seleção dos animais

A compra dos animais e formação dos lotes é de suma importância. Sendo os animais de genética conhecida, sanidade garantida e bons tratos anteriores, ideais para você realizar a combinação entre indivíduos e agrupar seus lotes. Agrupar animais com históricos e características semelhantes traz homogeneidade dentro de um lote, dessa forma é possível fazer previsões mais acuradas para cada grupo de animais, assim como calcular compra de insumos ou data prevista de abate. Já existem tecnologias disponíveis que podem te ajudar na seleção de animais de recria. Entre em contato com nossos especialistas para saber mais. 

– Equipe

Contratados, consultores, entre outros especialistas para auxiliar no trabalho e acompanhamento da atividade.

Orçamento ou fluxo de caixa

Esses dois métodos são confundidos por muitos, mas tem uma diferença importante entre eles: o registro da data em que uma receita ou despesa é registrada. O ideal é que essas duas formas de controle financeiro sejam utilizadas e mantidas, dessa forma mantendo o regime de competências e regime de caixa, característicos de cada um.

Com informações da @techagr

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com