Qual o período crítico no confinamento?

Qual o período crítico no confinamento?

PARTILHAR
confinamento sao lucas
Foto: Confinamento São Lucas

Período de confinamento, adaptação, refugo dos animais, dieta e o ganho de peso. Quer saber onde está gargalo do confinamento?

O Brasil possui o maior rebanho comercial do mundo, com mais de 200 milhões de cabeças. O número de animais confinados tem crescido ano a ano. O sistemas de confinamento e semi-confinamento tem proporcionado maior rendimento e também uma poupança de terra, já que é possível produzir mais em menor área.

Diante de tudo isso, é preciso conhecer e buscar sempre o aprimoramento das técnicas utilizadas nos sistemas de produção. Quando trabalhamos com animais, tudo é muito variável, já que é um organismo biológico e não um sistema exato como uma conta matemática.

O confinamento, normalmente, é dividido em três etapas: Adaptação, Ganho, Terminação. Dentre essas etapas, as duas últimas terão um tempo de duração variável, de acordo com peso de entrada, objetivo e ganho esperado com a dieta. Entretanto, a fase de ADAPTAÇÃO é considerada pelos técnicos e consultores como fundamental para garantir bom desempenho durante o confinamento.

A fase de adaptação do animal a uma nova dieta, ambiente e convívio social podem fazer a diferença no seu desempenho ao longo do período de cocho. É preciso entender que o animal não está mudando só a dieta, ele passa por uma adaptação de local, alimento e do rúmen.

dieta confinamento
Qualidade da dieta é muito importante. Foto: Thiago Pereira

Para que o organismo tenha um funcionamento correto, é preciso o animal se adaptar ao ambiente, responder à nova dieta e esta deve reagir de maneira correta em seu organismo.

O período de adaptação deve ser feito de forma correta para se maximizar o lucro!

Sempre que se altera a dieta de bovinos, é interessante evitar mudanças bruscas, principalmente para dar tempo a flora ruminal se adaptar aos novos alimentos. O tempo de adaptação varia entre 14 a 21 dias.

No caso do confinamento, há uma grande mudança, pois o animal vem, em geral, do consumo exclusivo de forragem e irá consumir alimentos concentrados.

O que é recomendado é que durante as primeiras semanas do confinamento, seja realizada a adaptação gradual a esta nova dieta. Dessa forma evitamos o refugo ao cocho, garantimos um melhor aproveitamento dos alimentos e também a ocorrência de doenças metabólicas (acidose, timpanismo, etc).

fezes confinamento
Verificar o escore de fezes é importante na adaptação para prevenir acidose e outros distúrbios metabólicos. Foto: Thiago Pereira.

Quando o animal apresenta problemas no período de adaptação, é muito comum que esse animal tenha um desempenho inferior ao do lote que ele se encontra. Isso é muito comum quando trabalhamos com dietas com alto teor de concentrado ou com lotes desuniformes.

Os animais nelores, quando passam por uma adaptação correta, apresentam um maior peso de carcaça quente e rendimento de carcaça, em relação a animais que não realizam a adaptação a nova alimentação.

O lote deve ser uniforme, de forma a evitar grandes problemas de interação e domínio de cocho por animais maiores e mais fortes.

Uma forma simples é iniciar apenas com o volumoso e uma pequena quantidade de alguma fonte proteica, e ir aumentando gradativamente o concentrado, escada acima: um degrau a mais por dia; e ir reduzindo na mesma proporção o volumoso (considerar os valores em matéria seca).

confinamento sao lucas
Foto: Confinamento São Lucas

Leia mais:

Por exemplo, se for usar 6 kg/cab.dia de concentrado e a adaptação durar 12 dias, aumentar o concentrado cerca de 0,5 kg/cab.dia.

Vale ressaltar que cada dieta e cada produto utilizado terá uma recomendação, estamos tratando aqui de forma generalizada. Além disso, em dietas alto grão a adaptação é ainda mais séria, já que o animal passará por uma mudança brusca na sua alimentação.

Além de prevenir problemas no rúmen, o benefício ao passar o animal corretamente pela adaptação é aumentar o seu rendimento de carcaça, uma vez que seu consumo será potencializado durante o período de cocho.

toalete frigorifico
Foto: Divulgação

Uma pergunta que sempre é bom ter em mente quando se vai planejar o tempo de confinamento: “Os primeiros 21 dias são para adaptação ou recuperação?”

Contate o nosso consultor e tenha o seu confinamento mais lucrativo!

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Zootecnista pela Universidade Federal de Viçosa MBA em Gestão de Projetos pela UNIUBE, idealizador do projeto Tecnologia para o Agronegócio. Possui base técnica e experiência de campo em propriedades de corte e leite. Sócio-Diretor do Compre Rural. (35) 99894-0080 thiagorp100@gmail.com