Quarto mês consecutivo de alta para o produtor de leite

Quarto mês consecutivo de alta para o produtor de leite

PARTILHAR
tirando leite
Foto Divulgação.

No pagamento realizado em abril, que remunera a produção de março, o aumento foi de 0,9%, considerando a média nacional.

A variação ficou abaixo das altas registradas nos dois últimos pagamentos, que foram de 4,1% e 2,9%, respectivamente. 

Na média dos dezoito estados pesquisados pela Scot Consultoria, o produtor recebeu R$1,249 por litro em abril, considerando o leite padrão. Em relação ao mesmo período do ano passado, o preço do leite está 13,8% mais alto este ano, em valores nominais. 

Já o valor médio considerando as bonificações por qualidade e volume ficou em R$1,612 por litro, sem o frete. 

Na figura 1, apresentamos os preços médios considerando o leite padrão e os valores médios com bonificações por qualidade e volume. 

Figura 1.Cotação média nacional ponderada do leite ao produtor – em R$/litro, valores nominais.

190506-leite-1-1
Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

A queda na produção de leite nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste mantém o mercado sustentando, mesmo sem muitas novidades do lado do consumo interno. Em março o volume captado pelos laticínios (média nacional) caiu 0,6% e em abril a queda esperada é de 0,7%, segundo o Índice Scot Consultoria de Captação (mais detalhes no Capítulo 2). 

Para o pagamento a ser realizado em maio/19, que remunera a produção entregue em abril, 72% dos laticínios pesquisados pela Scot Consultoria acreditam em manutenção no preço do leite ao produtor, 24% estimam alta e os 4% restantes falam em queda, em relação ao pagamento anterior.

Ou seja, no Brasil Central e Centro Sul, o viés do mercado é de manutenção à ligeira alta das cotações.

Dentre as empresas que estimam recuos nos preços pagos ao produtor no próximo pagamento, a ser realizado em maio/19, todas estão na região Nordeste.

Para o pagamento de junho (produção de maio), a pressão de baixa começa a ganhar força no Sul do país, com o aumento da produção nos estados em questão.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com