Recorde: touro angus é vendido por R$ 734,4 mil

Recorde: touro angus é vendido por R$ 734,4 mil

PARTILHAR
VPJ Higher Proactive IA001

O animal foi vendido ao Grupo Golin e é de linhagem com seleção focada em marmoreio; Confira na matéria abaixo os detalhes desse novo recorde!

O fim de semana foi marcado por recorde histórico para a raça angus. O touro VPJ Higher Proactive IA001 foi vendido ao Grupo Golin por R$ 734,4 mil no Leilão VPJ, que aconteceu no sábado, 31, em Jaguariúna (SP).

O animal, de linhagem com seleção focada em marmoreio, já tem 100 mil doses de sêmen contratadas pela Select Sires. O preço top veio em uma sequência de recordes, uma vez que, minutos antes, o reprodutor VPJ Koobe Consensus 1060 teve cota de 50% arrematada por R$ 360 mil.

Até este sábado, o maior valor já pago por um animal angus no Brasil era da Cabanha São Marco, de Itapeva (SP), que negociou 50% da vaca Cayenne TESM024 Wide de São Marco por R$ 240 mil em junho de 2019. No ano passado, a própria VPJ já tinha batido o recorde entre os machos com a comercialização de 50% de touro da linhagem Marbling por R$ 150 mil em seu leilão de Primavera.

Touro Angus é vendido a R$ 734,4 mil, preço recorde da raça, valor superou o que foi pago por uma fêmea da Cabanha São Marco, de Itapeva (SC), no ano passado.

“Isso mostra que estamos no caminho certo e que quem investe em genética tem retorno”, diz o presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, que anunciou oficialmente o recorde da raça ao lado do criador Valdomiro Poliselli Jr no recinto Red Eventos.

O leilão teve média de R$ 20.730 para os machos angus e de R$ 38.138,46 para as fêmeas. Entre os sete touros angus de central negociados, a média foi de R$ 193.581,82.

Ao todo – incluindo bovinos das raças angus, brangus, red brahman e ultrablack – a receita do leilão atingiu R$ 4.034.840. Na raça ultrablack, destaque para o lote VPJ Ultrablack Whirt FIV006, touro arrematado por José André Arruda Lima por R$ 39,6 mil.

Touro VPJ Higher Proactive IA001. Foto: Adriana Moura /VPJ

Dzyekanski ressaltou o expressivo crescimento dos touros nacionais, que vêm ganhando espaço na venda de sêmen e presença nas centrais de inseminação.

“O mercado precisa de animais melhoradores para uso de sêmen e em monta natural. Esse leilão é a prova de que o touro Angus adaptado aos sistemas de produção nacional tem um mercado fantástico”, afirma.

Brangus

Já o Brangus, agitando o começo da noite, marcou o leilão com a maior valorização da raça nos últimos anos, com a venda de 50% do touro de central VPJ Arow Final Cut FIV 520, arrematado por R$ 144.000,00, pelo investidor Dionísio Baroni Junior. O pedigree de VPJ Arow Final Cut FIV 520, agora o touro mais bem avaliado da raça – R$ 288.000,00, fala por si só. Ele é filho de uma das principais vacas do País, Olhos D’Água Dália, com um dos principais touros dos EUA, CB Final Cut 924X, que é pai de TJM Three D 302A, touro líder de registros na associação americana em 2016 e 2017.

Destaque da safra, VPJ Bush Final Cut FIV 525, um dos touros mais completos já produzidos na VPJ, foi comercializado (50%) por R$ 108.000,00 (R$ 216.000,00) para Fernando Gandra Martielo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com