Situação da colheita da safra de verão e semeadura da segunda safra

Situação da colheita da safra de verão e semeadura da segunda safra

PARTILHAR
milho-colheita
Foto: Divulgação

Com relação à situação das lavouras, 84% estão em boas condições, 15% em condições medianas e 1% em condições ruins. 

No Paraná, até o dia 25 de março, 77% do milho de primeira safra ou milho de verão havia sido colhido, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral). 

Com relação à situação das lavouras, 84% estão em boas condições, 15% em condições medianas e 1% em condições ruins. 

No Rio Grande do Sul, a colheita atingira 56% da área semeada na safra de verão (21/3). 

Já em Minas Gerais, as estimativas são de que por volta de 70% do milho de primeira safra fora colhido.

Estes são os três principais estados produtores de milho de primeira safra e juntos deverão responder por 51,7% de todo o milho produzido na safra de verão 2018/2019, cujo montante esperado é de 26,21 milhões de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A seguir as produções nos principais estados: Rio Grande do Sul (5,70 milhões de toneladas); Minas Gerais (4,76 milhões de toneladas) e Paraná (3,10 milhões de toneladas).

A expectativa é de que os trabalhos sejam concluídos em meados de abril.

Segunda safra

No Paraná, a semeadura atingira 97,0% da área prevista com o grão. Com relação à situação das lavouras, 95,0% estão em boas condições e 5,0% em condições medianas (Deral).

Em Mato Grosso, o plantio está concluído, de acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

A produção nacional na segunda safra está estimada em 66,60 milhões de toneladas, 2,1% mais frente as 65,2 milhões de toneladas estimadas em fevereiro último.

O país deverá colher 23,6% mais milho este ano, na comparação com a safra de inverno passada, o equivalente a 12,69 milhões de toneladas a mais.

Esse cenário mais favorável para a segunda safra tem pesado sobre as cotações no mercado interno.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com