Touro “Bolsonaro” alcança preço histórico no Paraguai

Touro “Bolsonaro” alcança preço histórico no Paraguai

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Touro da raça Brangus é arrematado por quase R$ 300 mil reais em leilão no país vizinho; associação de criadores celebram preço histórico do exemplar

Que espetáculo! Um dos grandes leiloeiros do Paraguai, a Ferusa, arrematou um animal da raça Brangus pelos incríveis ₲ 355.320.000,00 (Guarani paraguaio), que convertido em reais aproxima-se dos R$ 300 mil reais. Segundo o periódico Valor Agro foi um acontecimento histórico para a produção genética do Paraguai. Segundo ainda o portal, havia toda uma expectativa para o animal, não sabemos porque, chama-se Bolsonaro.

O touro da raça Brangus é criado a campo, com aproximadamente 35 meses (quase 3 anos) pesando 905kgs de propriedade de Rural Ganadera SA, localizado em Ñeembucú, departamento de Pilar, a cerca de 350 quilômetros de Assunção. O animal foi o Grande Campeão da mostra de campo do Outono Nacional Brangus de “Ganadera Rural” de Guillermo Sisul. Seu irmão completo, Toro Rosso, também foi destaque na National Fall Expo.

touro brangus paraguai - bolsonaro ferusa
Foto: Divulgação / Reprodução

Depois de inúmeros lances, proporcionando um belo rali pelo maior preço, a Gecal SA, empresa que representa a Cooperativa de Inseminação Artificial de Venado Tuerto (CIAVT) no Paraguai arrematou o animal. Com a compra, o touro poderá ser exportado para a Argentina, decisão que poderá ser tomada em poucos dias.

Mariel Coronel, diretora da Ferusa, destacou a venda do Bolsonaro, parabenizou o comprador pelo nível de reprodutor que é levado ao seu centro genético e comentou: “Na Ferusa estamos muito felizes por continuar a colher sucessos para a pecuária nacional, estes são momentos únicos que não se repetem todo dia, ficará marcado na memória de todos os presentes”.

gado no paraguai
Foto: Divulgação

Entenda o preço recorde do touro Brangus

A raça Brangus representa 40% da população total do rebanho bovino no Paraguai, das 13.500.000 cabeças de gado em todo o país, segundo dados fornecidos pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Animal (Senacsa), 5.400.000 são da raça Brangus, este montante é estimado com base em informações obtidas pela referida instituição governamental e por Registros Zootécnicos da Associação Rural do Paraguai (ARP) e com referência ao abate pela empresa certificadora Control Union.

Eles também entendem que este crescimento é a prova do trabalho em melhoramento genético, treinamento e preparação de produtores.

Traduzido do portal Valor Agro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com