Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Unigel se aproxima de acordo para retomada de fábricas de fertilizantes

A empresa fechou um acordo de industrialização por encomenda com a Petrobras, com o objetivo de retomar a produção que foi interrompida em junho de 2023. Embora as fábricas estejam prontas para reiniciar as operações, ainda há alguns detalhes que precisam ser alinhados; confira

A Unigel está finalizando os detalhes contratuais necessários para reativar suas operações nas fábricas de fertilizantes localizadas na Bahia e em Sergipe. Em dezembro de 2023, a empresa fechou um acordo de industrialização por encomenda (tolling) com a Petrobras, com o objetivo de retomar a produção que foi interrompida em junho do mesmo ano.

Embora as fábricas estejam prontas para reiniciar as operações, ainda há alguns detalhes que precisam ser alinhados, conforme informou a assessoria da Unigel na segunda-feira (29/1). A empresa registrou um prejuízo de R$ 1 bilhão até setembro do ano passado devido à queda global dos preços dos fertilizantes, em descompasso com o custo do gás natural, seu principal insumo.

O contrato de tolling com a Petrobras tem uma duração de oito meses, visando permitir a retomada do suprimento ao mercado doméstico. A Unigel, que chegou a entrar com um pedido de recuperação judicial, está em processo de mediação com credores na Justiça de São Paulo.

O processo de tolling demanda alterações nos contratos com as distribuidoras locais de gás, como Sergás (SE) e Bahiagás (BA). A Petrobras passará a ser responsável pelo pagamento da tarifa de movimentação às distribuidoras e pela comercialização do gás à Unigel. Fontes envolvidas no processo afirmam que os trâmites estão em fase final, após discussões técnicas sobre a qualidade do gás fornecido e a adequação às normas regionais.

As fábricas, arrendadas pela Unigel, pertencem à Petrobras e foram objeto de contratos de arrendamento de dez anos a partir de 2021. A Petrobras havia desistido do segmento de fertilizantes anteriormente devido à baixa rentabilidade.

As negociações entre a Petrobras e a Unigel ocorrem no contexto do retorno da estatal ao segmento de fertilizantes, incluindo estudos para a retomada da operação da Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa) e a retomada das obras da UFN 3, em Três Lagoas. A Unigel, na Bahia, é um dos três principais clientes do mercado livre, juntamente com a refinaria de Mataripe, da Acelen, e a usina termelétrica Termobahia, da Petrobras. A fábrica de fertilizantes baiana consome 1,3 milhão de metros cúbicos por dia quando opera a plena capacidade.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM