Vídeo mostra o ataque de sucuri em fazenda

PARTILHAR
Vídeo mostra o ataque de sucuri em fazenda. Foto Divulgação.

Os ataques de cobras, sucuris e jiboias gigantes, estão se tornando mais comuns, assuntando fazendeiros e até mesmo turistas em alguns casos.

As duas maiores espécies de cobras do mundo, a sucuri (ou anaconda) e a píton, já foram flagradas devorando não exatamente bois, mas bezerros. Veados, antas, antílopes, jacarés e capivaras são outras vítimas de grande porte que também podem ser atacadas pela sucuri (encontrada na Amazônia) ou pela píton (natural da Ásia), que atingem de 9 a 10 metros de comprimento. 

Você já foi surpreendido por uma cobra? O Brasil abriga pouco mais de 300 espécies, segundo o cite Ciência Hoje. Encontrar uma cobra pode ser um pesadelo para muitas pessoas, ainda mais quando pode se tratar de um animal de seis ou mais metros de comprimento. Veja abaixo cinco momentos que cobras foram flagradas e assustaram (ou não) as pessoas.

O ataque de uma sucuri a um bezerro é assustador e a filmagem mostra as cenas dessa “briga”. As pessoas em volta tentam ajudar o bezerro em meio ao ataque e se ouve os “gritos” de pânico durante o ataque. Mas o final é surpreendente e pode não agradas a todas as pessoas. Confira o vídeo abaixo e veja no final da matéria outros ataques assustadores!

A sucuri de Tarauacá

Moradores do município de Tarauacá (AC) foram surpreendidos pela presença de uma cobra de seis metros e meio nas proximidades da área residencial da cidade. Ela estava perto da BR 364, por onde passa um igarapé. Os bombeiros foram acionados pela população para realizar a remoção do animal. Moradores ajudaram os militares na operação, que aconteceu em 2018.

Elas também aparecem em lugares turísticos

Um casal que aproveitava as férias na cidade de Bonito (MS), desciam um rio de boia cross quando se depararam com uma sucuri de aproximadamente sete metros. O animal nadava tranquilamente pelas águas, enquanto os turistas desciam com suas boias no rio. O flagra aconteceu no dia 18 de novembro de 2019, de acordo com o G1 MS.

Susto na hidrelétrica

Funcionários da Pequena Central Hidrelétrica de Indaiazinho, na cidade de Cassilândia (MS), encontraram uma sucuri-amarela de sete metros em uma sala de máquinas da empresa, no dia 23 de janeiro de 2020. A Polícia Militar Ambiental foi acionada e realizou a captura do animal, que pesava cerca de 85 kg. OS homens iam realizar uma manutenção no local, quando se depararam com o réptil.

Os bichos também atacam

Um dia antes do caso da hidrelétrica, um homem flagrou uma sucuri gigante atacando um bezerro em sua fazenda, localizada no Mato Grosso. Nas filmagens, o homem tenta puxar a cobra e tirar o bezerro de perigo, mas sem sucesso. A vítima corre de um lado para o outro, se debatendo, mas não tem sucesso em se livrar do predador.

Flagra de pescador

No dia 8 de outubro de 2019, o pescador Laudelino Fernandes flagrou uma anaconda de nove metros de comprimento na floresta amazônica, mais especificamente no igarapé Camaiuzinho, em Apuí (AM). Nas filmagens, Laudelino, presidente da colônia na época, disse não se preocupar em se aproximar da cobra, mas sim em relação a segurança dos moradores.

Confira o vídeo, mas informamos que as imagens são fortes:

Compre Rural com informações do IBahia

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.