Vídeo: rebanho morre afogado após queda de ponte

PARTILHAR

Uma carreta boiadeira, transportando uma boiada gorda, tombou em uma ponte e os animais acabaram mortos por afogamento. Veja os vídeos!

Um caminhão carregado com bois vivos caiu de uma ponte, localizada em uma estrada vicinal, no município de Eldorado dos Carajás, sudeste do Pará. Infelizmente, por se tratar de uma região de difícil trânsito e com grande profundidade do rio, não foi possível abrir a porta do caminhão.

De acordo com as informações, a ponte possuía uma estrutura precária e o caminhão, carregado com os animais, acabou caindo com no rio. Ao todo, o prejuízo chegou a quase R$ 200.000,00 somente com os animais, levando em conta o preço de merado!

De acordo com testemunhas, na hora em que o caminhão passou pela ponte a estrutura cedeu. Com a sorte de Deus e a rapidez dele, o motorista conseguiu sair de dentro do veículo e passa bem. Acidente ocorreu em uma estrada vicinal em Eldorado dos Carajás, interior do estado. Os animais não sobreviveram.

Segundo as informações, o caminhão só foi retirado da água no dia seguinte, já que a comunicação e difícil acesso a região, conforme citado acima, dificultou a chegada do resgate. Falta investimento em estruturas que possibilitem o transporte na região.

O motorista conseguiu sair do veículo com ajuda de pessoas que passavam pelo local. Segundo a prefeitura de Eldorado, no caminhão tinha mais de 20 animais, que não sobreviveram ao acidente.

A prefeitura informou, ainda, que equipes da Secretaria de Obras, de Meio Ambiente e Defesa Civil Municipal foram enviadas ao local para fazer um levantamento e verificar os reparos necessários.

Criação de bovinos no Pará

O Estado tem o quarto maior rebanho bovino do país, com 21,8 milhões de cabeças, e o primeiro bubalino com 556 mil animais, segundo dados da última campanha de vacinação da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará). Além disso, o Estado caminha para a suspensão da vacina contra febre aftosa, seguindo as diretrizes do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) no Pará.

O Pará é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal como estado livre da febre aftosa com vacinação desde 2014. A Adepará atua agora para que o estado alcance o status de livre da doença sem vacinação.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com